iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

26/09 - 14:23

Para Ciel, clássico é chance para Fluminense começar reação

Eduardo Ratinho e Luiz Alberto, se recuperam de estiramento muscular e Washington suspenso não jogam

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Nas vésperas do clássico deste domingo, contra o Botafogo, às 18h10 (de Brasília), no Engenhão, o atacante Ciel afirmou que o duelo não deve ser encarado como um grande desafio para o Fluminense e sim a oportunidade perfeita para o Tricolor começar a reagir no Campeonato Brasileiro. “Um clássico é sempre um jogo muito gostoso de se disputar, pois a cidade toda fica focada no confronto, os dois times vivem um clima diferente e dentro de campo a coisa se nivela independentemente de desfalques, mando de campo e posições na tabela de classificação.

Temos que aproveitar esse clima de clássico para ganharmos e pegarmos embalo para sair desta situação ruim que estamos passando. Com certeza Deus vai nos ajudar muito e não seremos rebaixados”, disse Ciel.

Cuca só deverá anunciar no vestiário, minutos antes do encontro a formação que vai a campo. Os desfalques são o lateral-direito Eduardo Ratinho e o zagueiro Luiz Alberto, ambos se recuperando de um estiramento muscular na coxa esquerda, e o atacante Washington, que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Coritiba. Com isso Carlinhos jogará na lateral e Edcarlos na zaga.

No ataque Somália tem vaga assegurada, enquanto Maicon disputa posto com Wellington Monteiro. Se o primeiro atuar o esquema será com três atacantes, enquanto na segunda hipótese a versão mudará para o tradicional 4-4-2. O meia argentino Darío Conca reaparece após cumprir suspensão. Neste sábado acontecerá um trabalho regenerativo nas Laranjeiras, que vai anteceder ao período de concentração.

Fora de campo, o Fluminense deverá ser notificado na próxima segunda-feira sobre a data do coordenador do departamento de futebol do clube, Branco, que será julgado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por ter invadido o campo na derrota para o Coritiba para reclamar da atuação do trio de arbitragem. Nesta sexta-feira Paulo Schmitt, procurador do Tribunal, confirmou que o dirigente foi denunciado com base na súmula.

O árbitro Jailson Macedo Freitas, da Bahia, relatou que Branco teria se dirigido a ele e dito: 'Apite o jogo normal'. Branco será indiciado pelo artigo 274 (invadir local destinado à equipe de arbitragem, ou à partida, prova ou equivalente, durante sua realização, inclusive no intervalo regulamentar ou nele ingressar sem a necessária autorização), podendo pegar uma pena que varia de 120 a 720 dias de suspensão.

Ainda fora de campo a diretoria entendeu que não houve insubordinação na atitude do volante Ygor, que deu entrevistas se dizendo insatisfeito por não ser relacionado para os jogos recentes e com isso foi descartado qualquer tipo de punição ao atleta, que está emprestado até o fim do ano pelo Start, da Noruega.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo