iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

26/09 - 21:04

Ameaçados, Atlético-MG e Figueirense jogam em Belo Horizonte
Para o Atlético, uma vitória trará paz, com uma distância segura da zona da degola

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - Atlético-MG e Figueirense medem forças neste sábado, no Mineirão, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, a partir das 18h20 (de Brasília). A partida põe frente a frente dois times que não vêm bem na competição e ainda precisam lutar para evitar o rebaixamento. O time de Belo Horizonte está numa situação mais cômoda que a equipe de Florianópolis. O Galo tem 33 pontos, contra 28 do Figueira.

Para o Atlético, uma vitória trará paz, com uma distância segura da zona da degola. Esta tranqüilidade é importante para o time, dada a seqüência de adversários duros que a tabela reserva. Nas próximas rodadas, a equipe enfrenta, respectivamente, Palmeiras e Flamengo, ambos fora de casa. De volta a Belo Horizonte, fará o clássico contra o Cruzeiro.

Os jogadores sabem que, com a diferença aberta pelos times do topo da tabela, o Atlético lutará, no máximo, por vaga na Copa Sul-americana, e que o mais importante é mesmo se manter na Série A. “Vamos procurar vencer os jogos para conquistar uma tranqüilidade maior até o final da competição e afastar de vez esse fantasma. Temos de ser realistas. A situação hoje é essa”, pensa Marques, ídolo da torcida.

Ao que tudo indica, a crise política atravessada pelo clube, que está sem presidente no momento, não deve afetar diretamente o desempenho da equipe. Aliás, se isto ocorrer, deve ser positivamente. Na partida contra o Náutico, houve maior presença da torcida em relação aos jogos anteriores, o que mostra que a renúncia de Ziza Valadares pode significar a volta da harmonia entre as arquibancadas e o gramado.

Em campo, a maior novidade será no gol. Após falhar em duas partidas consecutivas, Édson perde a vaga de titular para que Juninho mostre seu futebol. Outra alteração em relação ao time do último sábado é o retorno de Leandro Almeida à zaga, substituindo Vinícius. De resto, o time é o mesmo que venceu o Náutico, ainda com Petkovic no banco. Renan Oliveira será o armador, enquanto Marques e Lenílson atuam no ataque.

O Figueirense também está definido para esta partida. Mário Sérgio gostou do que viu em sua estréia à frente do time, apesar da derrota de 4 a 3 para o Cruzeiro, e vai a campo com praticamente a mesma formação. A única mudança é a entrada de Marquinho, recuperado de contusão, no lugar de Jackson.

Marquinho, aliás, tem prestígio com o técnico e foi elogiado antes mesmo de entrar em campo. “Ganharemos qualidade. Nós precisamos vencer para sair dessa situação e ele é um jogador que vai nos dar um pouco mais de qualidade técnica no meio-de-campo”, acredita Mário Sérgio.

A situação à qual o técnico se refere é a péssima seqüência de jogos do time catarinense no Brasileirão. Já são seis derrotas consecutivas, desempenho que põe o Figueira às portas da zona de rebaixamento. Em queda livre, o time ocupa, no momento, a 15ª posição.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X FIGUEIRENSE


Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 27 de setembro de 2008, sábado
Horário: 18h20 (de Brasília)
Árbitro: Djalma José Beltrami (Fifa-RJ)
Assistentes: Hilton Moutinho Rodrigues (Fifa-RJ) e Dibert Pedrosa Moisés (Fifa-RJ)

ATLÉTICO-MG: Juninho; Mariano, Marcos, Leandro Almeida e César Prates; Rafael Miranda, Serginho, Márcio Araújo e Renan Oliveira; Marques e Lenílson
Técnico: Marcelo Oliveira

FIGUEIRENSE: Wilson; Alex e Gomes, Asprilla; Diogo, Magal, Marquinho, Cleiton Xavier e Alex Cazumba; Ramon e Bruno Santos
Técnico: Mário Sérgio

Leia mais sobre: Atlético-MG Figueirense



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo