iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

25/09 - 15:22

Previsões para a reta final da MLS
Faltando apenas 5 rodadas, apresentamos nossas previsões para os playoffs

Trivela.com

BOSTON (EUA) - Faltando apenas 5 semanas para o final da temporada regular, vamos fazer um exercício de futurologia e, com base na performance até agora e nos próximos jogos que têm pela frente, tentar indicar quais serão os times que disputarão os playoffs da MLS Cup 2008.

Porém, antes de começarmos nossas previsões (ou chutes?) para o que acontecerá nesta temporada regular, importante lembrar que houve uma alteração na regra de classificação para os playoffs este ano. Diferentemente do ano passado, quando apenas 2 times de cada conferência tinha vaga garantida, e os demais 4 times eram escolhidos com base no maior número de pontos independentemente da conferência, neste ano serão 3 times de cada conferência com vaga garantida nos playoffs, e apenas os demais 2 times de melhor campanha conseguirão as vagas restantes.

Com esta medida, a MLS espera melhorar o equilíbrio da participação das conferências na fase decisiva, uma vez que no ano passado, por exemplo, o Leste teve 5 clubes classificados, enquanto o Oeste apenas 3.

Apresentadas as regras, vamos tentar agora indicar nossos favoritos para ficarem com as 8 vagas dos playoffs. Obviamente, esta é apenas uma previsão, como dito acima, baseada no que os times fizeram até agora, e o que podem fazer até o final da temporada regular com seus jogos restantes.

Conferência Leste

Pela Conferência Leste, o Columbus Crew foi o primeiro time da MLS este ano a garantir vaga para os playoffs. Com a vitória por 3x1 sobre o New York Red Bull na última quinta-feira (18/09), e os maus resultados de seus concorrentes, o Crew garantiu sua vaga na fase seguinte da MLS e consolidou-se na liderança do Leste, agora com 47 pontos. Além disso, o Crew é o mais forte candidato a levantar o Supporters’ Shield, troféu dado ao melhor time da temporada regular. Seria já um prêmio ao clube que mais mostrou evolução este ano, e que liderou a temporada regular por boa parte do tempo.

Na disputa pela segunda vaga do Leste, o NE Revolution leva vantagem. “Isolado” em segundo lugar na Conferência Leste, com 42 pontos, o Revolution apenas empatou com o Colorado Rapids por 1x1 nesta rodada, mas com as derrotas de Chicago Fire, Red Bull e D.C. United, conseguiu abrir uma distância um pouco maior dos concorrentes, apesar de ter ficado mais longe do Crew. E apesar dos 5 pontos de diferença, os Revs ainda estão na disputa do Supporters’ Shield, e podem ameaçar o Crew nessas 5 semanas faltantes.

A contenda no Leste ficará, portanto, pela terceira vaga. A disputa será forte entre Chicago Fire (38 pontos), NY Red Bull (35) e D.C. United (33), sendo que todos perderam seus jogos nessa última semana. Além disso, o Fire perdeu 4 de seus últimos 6 jogos, o Red Bull tem campanha pífia fora de casa e o United é o que apresenta mais irregular, além de também estar jogando a Champions’ League da CONCACAF. Assim, acreditamos que o Fire leva vantagem nessa disputa, não só pela vantagem de pontos, mas porque no conjunto da temporada foi o que apresentou o melhor futebol entre os três concorrentes e tem a tabela mais favorável. O grande duelo será na última rodada entre Fire e Red Bull, que pode valer a vaga.

Conferência Oeste

No Oeste, o líder é o Houston Dynamo, que tem larga vantagem sobre o segundo colocado, o renascido Chivas USA. O Dynamo, que teve seu jogo desta semana adiado devido a mais um furacão na região de Houston, tem 39 pontos, contra 33 do Chivas, e deve ficar com a primeira vaga do Oeste.

A segunda vaga tem na disputa todos os demais times do Oeste, sem exceção. A Conferência Oeste apresenta equilíbrio muito maior do que a Leste. Do segundo ao último colocado a diferença é de apenas 4 pontos, e com 15 pontos (ou 18, dependendo do caso) em jogo, muita coisa pode acontecer.

Mas como o objetivo da coluna esta semana é apresentar sua opinião, vamos acreditar no galático elenco do LA Galaxy para ficar com essa segunda vaga. Com a goleada por 5x2 sobre o D.C. United nesta última semana, o Galaxy deu demonstração de que, completo, é muito forte. E se repetir a arrancada que deu no final da temporada regular passada chegará a esta segunda posição, pois a distância que o separa do segundo colocado este ano é muito menor. Além disso, um time milionário como o Galaxy não pode ficar de fora pelo segundo ano consecutivo dos playoffs.

Assim, a disputa pela terceira vaga será ferrenha. Ainda mais com diversos confrontos diretos entre as equipes que lutam por essas vagas. Talvez por isso, seja mais fácil começar a análise com quem acreditamos que não deva conseguir a vaga.

O San Jose Earthquakes, apesar da invencibilidade de 10 jogos na MLS, não terá força suficiente nesse final para conseguir os pontos necessários. O FC Dallas, pela campanha muito irregular que tem feito, apesar do vice-artilheiro Kenny Cooper, também não deve chegar.

Deste modo, Chivas, Real Salt Lake e Colorado Rapids serão as equipes que deverão lutar por essa terceira vaga. O Chivas é o atual segundo colocado do Oeste, e apresentou uma campanha de reação nas últimas rodadas, tendo perdido apenas um jogo nas últimas cinco semanas. O Real, por sua vez, fez a melhor campanha de sua história, chegando a liderar a Conferência Oeste por várias rodadas, mas perdeu um jogo vital para suas pretensões em casa contra o Chivas na última rodada. E o Colorado apresentou uma reação nas últimas rodadas, estando invicto já há três jogos, mas é o que apresenta a tabela mais difícil, tendo confronto direto com seus dois concorrentes nas últimas duas rodadas.

Pela análise do desempenho dessas equipes, a vaga deve ficar com o Chivas. A equipe é a que terá mais jogos em casa até o final, e é a mais experiente dentre as 3 concorrentes. Além disso, o Chivas fez a melhor campanha do Oeste na temporada passada e disputou os playoffs, e isso faz com que seus jogadores estejam mais acostumados com essas rodadas decisivas do que seus rivais diretos.

Vagas restantes

Em relação às demais vagas para os playoffs, as equipes do Leste levam vantagem sobre as do Oeste. Como as demais 2 vagas serão preenchidas pelos times com maior pontuação, independentemente da conferência, as equipes do Leste, que somaram mais pontos do que as do Oeste, têm vantagem.

Do quarto ao sexto colocado do Leste levam vantagem sobre o quarto colocado do Oeste e, se a temporada regular terminasse hoje, qualquer uma dessas equipes do Leste se classificariam para os playoffs e o Oeste teria apenas os 3 representantes “obrigatórios”. A Conferência Oeste pode ser mais equilibrada, mas as equipes do Leste ainda são mais fortes e somaram mais pontos na temporada regular.

Como nas 5 rodadas faltantes haverá mais confrontos diretos entre equipes da mesma conferência, acreditamos, porém, que esse cenário deverá se alterar até o final. Assim, correspondendo às expectativas da MLS, o final da temporada regular não repetirá o final do ano passado, e Leste e Oeste conseguirão classificar o mesmo número de times para os playoffs.

Assim, nessa briga entre os 2 clubes que lutam com o Fire pelo terceiro lugar, a vantagem deverá ficar com o Red Bull. Devido a um calendário dividido entre a Champions’ League da CONCACAF e as últimas rodadas da temporada regular, o United não deve conseguir a vaga, e o Red Bull deve se aproveitar dessa vantagem.

Já a última vaga remanescente deverá ficar com o Colorado Rapids, que usará sua maior experiência para chegar à frente do Real Salt Lake, que infelizmente não conseguirá coroar sua melhor temporada na história com uma vaga nos playoffs.

Bom, como dissemos, essas são apenas nossas previsões (ou chutes?), com base no que vimos até agora, e no que achamos que veremos até o final. Depois do dia 26/10 voltaremos a essas previsões e faremos uma análise para saber se nossa bola de cristal é confiável, ou se devemos devolvê-la ao camelô da Rua 25 de Março que nos garantiu que era quente.

Concachampions

A participação das duas equipes restantes da MLS na Champions’ League da CONCACAF continua muito abaixo do esperado.

O Houston Dynamo finalmente fez sua estréia pelo Grupo B neste última terça-feira (23/09), mas não passou de um empate em 0x0 com o San Francisco FC do Panamá, fora de casa. Porém, considerando os resultados de seus compatriotas até agora, este empate deve ser até comemorado, afinal é o melhor resultado obtido por uma equipe da MLS nesta primeira edição da Concachampions. Claro que ainda é muito pouco, e esperamos a recuperação das equipes americanas para que consigam passar da primeira fase.

O D.C. United, no entanto, não ajudou novamente. Em sua segunda partida pelo Grupo A da competição, nova derrota. Dessa vez o United perdeu fora de casa para CD Marathon de Honduras (o “Monstro Verde”), por 2x0. O United precisa se recuperar logo, ou pode terminar o ano eliminado da Champions’ e da MLS Cup...

Se as equipes estadunidenses vão mal, pelo menos o representante canadense segue bem no torneio. O Montreal Impact empatou por 0x0 com o Atlante (MEX) no seu segundo jogo na Concachampions, e continua líder do Grupo C, empatado com o próprio Atlante.

Mais brasileiros na MLS?

O técnico do Toronto FC, Mo Johnston, esteve recentemente no Brasil observando jogadores em busca de uma nova revelação para integrar o elenco da equipe canadense.

Segundo Johnston, sua procura foi por jogadores jovens, na faixa de 19 a 21 anos e em início de carreira, que teriam potencial para se desenvolver e se adaptar na MLS.

Johnston gostou da experiência, e deve voltar mais uma vez ao país até o final do ano, além de incluir também a Argentina em seu itinerário. Segundo o experiente técnico do clube canadense, as experiências positivas com jogadores brasileiros e argentinos, como Luciano Emilio e Fred do United, Ricardinho e André Rocha do Dallas, e Schelotto do Crew, mostram que a MLS pode ser um destino a ser explorado pelos jogadores sul-americanos.

 

Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar