iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

25/09 - 16:50

Mesmo com Brasil apertado na tabela, comandante confia na vaga
“Não vejo nada tão problemático, já que estamos no segundo lugar”, disse Dunga

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - A seleção brasileira aparece na vice-liderança das Eliminatórias Sul-americanas para a Copa do Mundo de 2010, mas possui apenas dois pontos de vantagem sobre a Colômbia, sexta colocada e fora da zona de classificação. O equilíbrio que permeia a tabela, entretanto, não vem tirando o sono do técnico Dunga, que acredita em um bom desempenho de sua equipe nos próximo confrontos e, sobretudo, na obtenção da vaga para o Mundial da África do Sul.

“Não vejo nada tão problemático, já que estamos no segundo lugar”, lembrou Dunga, que tem o Brasil com 13 pontos assim como Argentina e Chile, mas levando vantagem no saldo de gols (tem 7, contra 6 e 1 dos rivais, respectivamente). “Sabemos que não vai ser fácil, mas estamos entre os quatro primeiros e temos que nos manter nessa zona até o final das Eliminatórias”, lembrou.

O Brasil tem quatro pontos de desvantagem em relação ao Paraguai, líder com 17. O próximo compromisso do time é contra a Venezuela, fora de casa, em 12 de outubro. Em seguida, a seleção volta ao País e encara a Colômbia, no Maracanã, na abertura do returno das Eliminatórias. A maior preocupação é justamente o jogo longe dos brasileiros.

“São jogos nos quais a gente tem que somar pontos e firmar a posição em que estamos.

Mas tenho falado que quando o Brasil vai jogar contra esses países, a nação inteira se une à sua seleção para nos enfrentar. Quando jogamos contra o Chile, por exemplo, ganhamos por 3 a 0 e a torcida não parava de cantar ‘Chi-chi-chi Le-le-le’ no final do jogo”, complementou.

Brasil e Venezuela medem forças no dia 12 de outubro em São Cristóvão, pela nona rodada das Eliminatórias Sul-americanas. Três dias depois, o duelo com a Colômbia, pela décima etapa, acontecerá no Maracanã.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar