iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

25/09 - 15:40

Marcelo Oliveira explica a troca de goleiros no Galo

Treinador disse que fez questão de conversar com goleiro antes de sacá-lo do time e que não há mal-estar

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - As falhas decisivas cometidas pelo goleiro Édson nas partidas contra Ipatinga e Náutico testaram a paciência de todos no Atlético-MG. A de boa parte da torcida presente ao Mineirão no último sábado se esgotou ali mesmo, e o jogador se tornou alvo de vaias.

Nesta quarta, foi a vez de Marcelo Oliveira dar sua resposta. Édson sai do time e Juninho entra como titular diante do Figueirense.

O treinador afirma que fez questão de conversar com Édson antes de sacá-lo e que não há mal-estar com o goleiro. “Nos últimos dois jogos, o Édson foi infeliz e está um pouco pressionado. Resolvi exercer meu direito de escalar o time. O Édson recebeu a noticia com profissionalismo”, conta Marcelo Oliveira.

Como exemplo, Édson tem seu próprio concorrente. Antigo titular, Juninho ficou três meses sem jogar e, agora, volta a ter chances defendendo as traves alvinegras.

“Desde quando deixei a equipe, venho buscando meu espaço e não parei de trabalhar. O mais importante foi a perseverança e, agora, é trabalhar para evitar os gols. Também quero dar alegria para essa torcida, que grita meu nome durante os jogos. Tenho que, pelo menos, corresponder à altura da confiança desses torcedores”, reconhece Juninho.


Leia mais sobre: Atlético-MG Édson



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar