iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

25/09 - 19:11

Kleber contradiz Dunga, mas garante vontade de superar má fase

"Sei que muita gente esperava mais de mim e eu também espero. Mas estou tentando melhorar”, disse o jogador

Gazeta Esportiva

SANTOS - O lateral-esquerdo Kleber foi o centro das atenções no treinamento do Santos nesta quinta-feira, no CT Rei Pelé. Lembrado por Dunga para defender a seleção brasileira contra Venezuela e Colômbia, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010, o jogador reconhece a má fase, mas acredita que, com muito trabalho, pode dar a volta por cima.

"Sei que muita gente esperava mais de mim e eu também espero. Mas estou tentando melhorar”, comentou o ala. “Jogando bem ou mal, quero sempre estar em campo. Sempre carreguei cobranças, desde a época do Corinthians, quando fui convocado pela primeira vez em 2002. Só trabalhando bastante eu vou voltar a jogar como no ano passado com o Vanderlei (Luxemburgo) e no primeiro semestre desta temporada˝, acrescentou.

Para o jogador, ser convocado para defender a seleção pode ajudar ainda mais a recuperar seu bom futebol. “Acredito muito no meu potencial e espero demonstrar dentro de campo que mereço a confiança do treinador (Dunga). Para estar na seleção você tem que estar bem e melhorar a cada dia˝, resumiu.

Kléber contou ainda que não teve receio de ficar de fora do grupo brasileiro, por ter sido expulso em seu último jogo pelo Brasil, quando a equipe venceu o Chile por 3 a 0, em Santiago. “Procurei conversar com o Dunga e ele me passou tranqüilidade. Tenho autocrítica e sei que não estive bem naquela partida”, declarou o lateral.

Na contramão foi a declaração de Dunga logo após anunciar a lista desta quarta-feira. Quando questionado sobre a convocação de Kleber, o treinador brasileiro declarou que “Kleber esteve bem diante do Chile e “inclusive” participou da jogada do pênalti (perdido por Ronaldinho Gaúcho)”.

Dunga não citou o cartão vermelho recebido por Kleber no primeiro minuto do segundo tempo. O jogador santista, no entanto, lembrou o fato. “Considero errada a forma como fui expulso. Não era lance para cartão e isso acabou me prejudicando. Essa convocação me dá novo ânimo para eu fazer o meu melhor, junto dos companheiros, contra a Portuguesa, no domingo”, completou.


Leia mais sobre: Kléber Seleção brasileira



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar