iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

25/09 - 19:00

Clube eslovaco demite treinador por perder a invencibilidade
Vice-campeão na última temporada, o MSK Zilina vem sendo apontado como a grande surpresa na Copa da Uefa

Redação iG Esporte

SÃO PAULO - Nem mesmo a ótima campanha do MSK Zilina tanto na Liga Nacional Eslovaca quanto na Copa da Uefa salvaram a cabeça do técnico checo Pavel Vrba. O comandante da "Nau" foi demitido nesta quarta-feira, dois dias após conhecer sua primeira derrota na temporada.

O curioso é que o clube eslovaco vive um momento histórico. Das quinze partidas disputadas até o momento, venceu 10 e empatou quatro. Perdeu a primeira na última segunda-feira para o FK Dukla Bystrica, fora de casa, por 1 a 0, na 15ª partida da equipe temporada.

"Se contar ninguém acredita. Nós brasileiros estamos mais acostumados que os europeus com essa coisa de demissão de treinador. Mas chegamos para treinar e os dirigentes pegaram até o técnico de surpresa. Ele estava com a programação semanal nas mãos", revela o atacante brasileiro Adauto, campeão Brasileiro em 2001 pelo Atlético-PR.

Campeão em 2006-07 e vice-campeão na última temporada, o MSK Zilina vem sendo apontado como a grande surpresa do leste no segundo maior torneio de clubes europeus (disputa com o Levski Sofia, da Bulgária, a última eliminatória antes da fase de grupos). Na Liga Nacional, é o atual vice-líder com nove jogos e cinco vitórias, sendo quatro delas nas quatro primeiras rodadas.

A demissão de Vrba surpreende ainda mais por acontecer a apenas uma semana da partida mais importante da história do clube, na próxima quinta-feira (02-10), contra o Levski Sofia, pela Copa da Uefa. O jogo vale vaga na chave de grupos da competição. No jogo de ida, em Zilina, empate de 1 a 1 com direito a gol do brasileiro Joãozinho (ex-Lusa).

"Nós jogadores temos apenas que acatar a decisão da diretoria. Teremos em uma semana a partida mais importante da história do clube, e precisamos de um grande jogo para conseguir a vaga. A chegada do novo treinador pode ser um fator motivante para nosso grupo", analisa Adauto, que neste ano jogou 24 partidas e marcou 8 gols.

Tão veloz quanto o anúncio da demissão de Vrba foi a confirmação do novo treinador da equipe. Trata-se do respeitado Dusan Radolsky, que já dirigiu diversos clubes europeus e comandou a seleção eslovaca nos Jogos Olímpicos de Sidney, em 2000.

Na ocasião, a Eslováquia perdeu por 3 a 1 para o Brasil de Vanderlei Luxemburgo, no dia 14 de setembro daquele ano, em Brisbane. Edu, Fábo Aurélio e Alex marcaram os gols brasileiros na partida.

"É um treinador muito respeitado aqui na Eslováquia. Tem formação na Polônia, já dirigiu grandes clubes e a Seleção Sub-21. Vários clubes do leste europeu queriam sua contratação", revelou Adauto.

O treinador, inclusive, já comandou seu primeiro treino nesta quinta-feira. Rodolsk deu ênfase ao trabalho tático, e cobrou muito dos jogadores.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Divulgação

Adeus, Zilina!
Checo Pavel Vrba foi demitido após perder a sua primeira partida na temporada

Topo
[x] fechar