iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

25/09 - 15:05

Abaixo de seus planos, Lusa deixa “chaves” da Série B com Timão

Presidente da Lusa afirma que que em 2009 seu time seguirá entre as 20 principais equipes do futebol brasileiro

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - De volta depois de cinco anos amargando a segunda divisão, a Portuguesa começou a Série A do Campeonato Brasileiro esperançosa. Mesmo com a fraca campanha no Paulista, quando ficou longe de chegar às semifinais, a equipe tinha planos de carimbar vaga na Libertadores.

Após 26 rodadas, o sonho está descartado, mas deixar a elite é algo impensável no Canindé.

“O nosso planejamento não era esse. Nossa idéia não é ser um time comum, queremos disputar títulos e queríamos uma vaga na Libertadores. Não deu, paciência, mas agora vamos lutar para ficar na Série A, com fé de chegar à Sul-americana. O elenco tem qualidade e está unido para conseguir isso”, confia o presidente Manuel da Lupa.

As pretensões parecem otimistas para um clube que freqüentou a zona de rebaixamento em nove rodadas e, a 12 jogos do final da competição, figura em 18º lugar. O mandatário rubro-verde, contudo, está certo de que em 2009 seu time seguirá entre as 20 principais equipes do futebol brasileiro. E até desdenha da brincadeira de um rival presente na Segundona neste ano.

“O Andrés (Sanches, presidente do Corinthians) veio dizer para mim que estava devolvendo o motorista e as chaves para jogarmos a segunda divisão. Respondi: ‘pode ficar para você!’. Tenho muita fé neste nosso time”, revela Da Lupa, entendo que as novas peças no grupo e a mudança de treinadores – foram três ao longo do ano – causaram a má campanha atual.

“Tivemos esta transição da Série B para a Série A e isso é difícil. O (Vágner) Benazzi tinha um elenco que subiu, mas precisávamos trazer mais gente e trouxemos. Chegou uma hora que ele achou que era o momento de sair e nós entendemos, e nesta transição o time estava jogando muito para frente, com a retaguarda vulnerável com o (Valdir) Espinosa”, relembra.

A terceira tentativa em fazer a Lusa embalar ficou com Estevam Soares. Após quatro partidas, o técnico finalmente conseguiu vencer no último domingo, aplicando 3 a 1 sobre o Botafogo. Triunfo que tirou o time da lanterna e diminuiu para um ponto a distância para deixar a faixa da degola. “O Estevam veio, já deu uma arrumada no time que jogou contra o Botafogo perto do que pode jogar e mostrou que temos tudo para sair desta situação”, conclui Da Lupa.


Leia mais sobre: Portuguesa Campeonato Brasileiro



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar