iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

24/09 - 16:21

West Ham vai recorrer à CAS por escalação de Tevez

Clube terá que pagar uma compensação ao Sheffield United, por ter utilizado o argentino em condição irregular

Reuters

LONDRES (Inglaterra) - O clube inglês West Ham United vai entrar com um recurso na Corte Arbitral do Esporte (CAS) para tentar reverter a condenação que o obriga a pagar uma compensação ao Sheffield United, devido à escalação irregular do atacante argentino Carlos Tevez há duas temporadas.

Um painel da Associação Inglesa de Futebol (FA) decidiu a favor do Sheffield, que atualmente disputa a segunda divisão da liga inglesa, depois que o clube alegou que Tevez, hoje no Manchester United, estava inelegível para jogar pelo West Ham no final da temporada de 2006-07.

Tevez foi um dos principais jogadores do West Ham no ótimo final daquela temporada que salvou a equipe do rebaixamento na última rodada do campeonato.

"O West Ham pode confirmar hoje que nossos advogados estão escrevendo um comunicado de apelação à Corte Arbitral do Esporte, em Lausanne, em relação ao caso envolvendo o clube e o Sheffield United", disse o West Ham em nota oficial, nesta quarta-feira.

"Podemos confirmar que respeitamos a decisão da Associação Inglesa, mas não aceitamos que a contribuição de um jogador possa ser mais importante que a do time como um todo, e nem utilizada como base para julgar os resultados de uma temporada de 38 jogos".

O Sheffield, clube de Yorkshire, entrou com um processo na liga alegando que Tevez e seu companheiro argentino Javier Mascherano estavam inelegíveis para jogar pelo West Ham de acordo com as regras da liga sobre a propriedade do passe por terceiros.

O West Ham foi subsequentemente multado em 5,5 milhões de libras (10,22 milhões de dólares) em abril do ano passado por utilizar os dois jogadores, mas escapou da perda de pontos, o que teria provavelmente rebaixado a equipe londrina.

Tevez foi liberado para jogar pelo resto da temporada depois que o West Ham disse que havia encerrado o acordo com o empresário do jogador, Kia Joorabchian. O argentino marcou o gol da vitória contra o Manchester United no último jogo da temporada.

O Sheffield United estima que o rebaixamento no campeonato inglês tenha lhe causado um prejuízo de pelo menos 50 milhões de libras (92,90 milhões de dólares).


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar