iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

24/09 - 12:35

Parreira diz que Brasil ainda é favorito à Copa do Mundo

O treinador da seleção campeã mundial em 1994 disse que o futebol brasileiro não mudou e pode faturar o hexa

EFE

RIO DE JANEIRO - O técnico Carlos Alberto Parreira afirmou que o Brasil ainda faz parte do grupo de equipes favoritas ao título da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul.

O treinador da seleção campeã mundial em 1994 disse que o futebol não mudou e, mesmo com a campanha irregular nas Eliminatórias, a equipe pode faturar o hexa.

As declarações foram concedidas no evento organizado pela Uefa em Viena (Áustria), que reuniu treinadores de vários países. Parreira deu uma palestra sobre "como ganhar a Copa do Mundo".

"Para mim, nada mudou nos últimos 20 anos. Brasil, Argentina, Itália, Alemanha e Espanha são os favoritos", disse o técnico à Agência Efe.

O ex-treinador do Fluminense também ressaltou o bom momento da Espanha, campeã européia em 2008.

"Depois desta Eurocopa, a Espanha está entre os favoritos. Teve uma grande trajetória antes da Eurocopa. Agora eles têm a confiança, da qual (o ex-técnico da seleção espanhola) Luis Aragonés falou aqui. Eles agora têm a confiança de que podem chegar muito mais longe... Mas precisamos ver como lidam com a pressão de ser favoritos", disse à Efe.

Já na sua palestra, Parreira afirmou que "não existe fórmula para vencer uma Copa".

"Todos os técnicos campeões seguiram princípios básicos. Você precisa ter uma filosofia. Não se chega a lugar nenhum quando se muda o esquema muitas vezes", disse.

O treinador também ressaltou a "necessidade de se vencer fora do campo", com planejamento, preparação física e infra-estrutura.

"Você tem um time quando as pessoas têm os mesmos objetivos e princípios", afirmou.

O técnico que comandou o Brasil na Copa de 2006, na Alemanha, também disse que é preciso manter a calma durante situações delicadas do jogo e em momentos de pressão.

"Se você perde a calma, não consegue tomar as decisões certas e não poderá se concentrar", concluiu.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar