iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

24/09 - 20:59

Dirigente colorado rebate provocações gremistas
“Que eu saiba, o favorito é sempre o primeiro. E não tem essa história de galácticos, nem de operários", disse Giovanni Luigi

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Na noite desta quarta-feira, já no Chile, o vice de futebol do Inter, Giovanni Lugi, respondeu às declarações do presidente do Grêmio, Paulo Odone, sobre o favoritismo dos colorados no Gre-Nal.

“Que eu saiba, o favorito é sempre o primeiro. E não tem essa história de galácticos, nem de operários. São todos jogadores de futebol”, rebateu Luigi, o dirigente gremista havia dito que o time Colorado é de galácticos o do Tricolor de operários.

O Inter está em Santiago para disputar o jogo de ida das oitavas-de-final da Copa Sul-Americana diante da Universidad Católica. O dirigente, em entrevista à Rádio Bandeirantes, não se furtou de falar sobre a arbitragem, principal polêmica para o fim de semana.

Para Luigi, depois do pedido de um gaúcho para apitar o clássico por parte da direção gremista, fica inviável que árbitro local comande a partida de domingo.

“O nível dos árbitros do Rio Grande do Sul é da melhor qualidade. Mas, entendo que, com esta tentativa de condicionar a arbitragem, neste momento não há mais hipótese de ser um árbitro gaúcho”, opinou o dirigente.

Nesta quinta-feira será feito o sorteio da arbitragem para a rodada do fim de semana. A tendência de momento é que um gaúcho esteja no apito no Gre-Nal número 373.


Leia mais sobre: Internacional Grêmio



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar