iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/09 - 20:12

Mistão do Verdão inicia confronto ante desconhecido Sport Áncash

Focado na disputa pelo título do Brasileiro, Luxa abriu mão de boa parte dos jogadores titulares

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O Palmeiras segue em sua maratona de jogos envolvendo duas competições. Depois de se aproximar ainda mais do Grêmio na liderança do Campeonato Brasileiro, a diferença caiu para um ponto, o time paulista tem um outro compromisso pela Copa Sul-americana: enfrenta nesta quarta-feira o desconhecido Sport Áncash, às 22 horas, no estádio Nacional de Lima, no Peru.

Para evitar riscos no Campeonato Brasileiro, o técnico Wanderley Luxemburgo levou à capital peruana apenas 15 atletas, sendo quatro titulares (o goleiro Marcos, o zagueiro Gustavo e os meio-campistas Léo Lima e Martinez). Mesmo assim, o Verdão permanece com o discurso de que a competição continental tem a sua importância.

“Para mim, não muda nada jogar o Campeonato Brasileiro ou a Copa Sul-americana. Temos que defender o clube em todas as competições. A gente não prioriza. Vamos buscar os dois títulos”, assegura o zagueiro Gustavo.

O desafio de enfrentar um time estrangeiro com um grupo reduzido não assusta o Palmeiras. “Nossa equipe é qualificada, sempre que sai uma peça, o outro entra e dá conta do recado. A crescente do clube na temporada se deve a isso”, aponta o volante Pierre, que volta à equipe após recuperação de uma lesão no joelho.

O Palmeiras tem poucas informações do próximo rival, que está em sexto lugar no Torneio Clausura do Campeonato Peruano. Mas os jogadores tomaram ciência de que o Sport Áncash vive um período turbulento. Na semana passada, os peruanos chegaram a organizar uma greve por causa de atraso no pagamento dos salários.

”Problemas com salários têm em todos os lugares, no Brasil, no Peru. Todos estão sujeitos a isso. Eles são profissionais e vão fazer de tudo para honrar sua equipe. Precisamos de atenção. Todos os jogadores possuem o seu valor”, alerta Gustavo.

Outro obstáculo para o Alviverde é o campo de jogo. O estádio Nacional conta com um gramado sintético, que gerou reclamações da Argentina no confronto contra o Peru, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010. “Temos que nos adaptar rápido”, decreta Gustavo, que atuou neste tipo de superfície no futebol russo.

Na partida em Lima, é certo que Luxemburgo fará uma improvisação na lateral direita, já que Fabinho Capixaba segue no departamento médico e Elder Granja ficou fora do grupo que seguiu a Lima. Jumar é o favorito para atuar na ala. Destaque também para a presença do atacante Thiago Cunha, autor de dois gols na vitória da semana passada diante do Vasco.

No Sport Áncash, ao contrário do Palmeiras, a ordem é utilizar força máxima na Copa Sul-americana. No final de semana, o clube poupou alguns titulares no empate diante do Atlético Minero, pelo Campeonato Peruano. Agora, reaparecem na equipe o goleiro Jhonny Vegas e os atacantes Carlos “Kukín” Flores, Germán Carty e Ronaille Calheira.

O técnico Antonio Alzamendi confia que sua humilde equipe tem possibilidade de superar um adversário tradicional do continente sul-americano. “Tenho certeza de que meus rapazes vão deixar a vida no gramado para vencer um dos quadros mais importantes da América do Sul”, reforça o treinador.

FICHA TÉCNICA
SPORT ÁNCASH x PALMEIRAS

Local:
Estádio Nacional, em Lima (Peru)
Data: 24 de setembro de 2008, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Álbert Duarte
Assistentes: Abaham González e Wilson Berrío (ambos colombianos).

SPORT ÁNCASH: Vegas; Cartagena, Regalado, Martínez; Sotelo, Ruíz, Villanueva, Ubillús; Flores, Carty e Calheira.
Técnico: Antonio Alzamendi.

PALMEIRAS: Marcos; Gladstone, Martinez e Gustavo; Jumar, Pierre, Evandro, Maicosuel e Jefferson; Denílson e Thiago Cunha.
Técnico: Wanderley Luxemburgo.


Leia mais sobre: Palmeiras Copa Sul-Americana



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar