iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/09 - 14:36

Fluminense usa a conversa para tentar sair da crise

Técnico Cuca realizou longa reunião com jogadores; Washington e Júnior César também pediram a palavra

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O elenco do Fluminense participou de um treino na manhã desta terça-feira na sede das Laranjeiras. Nada de anormal se a rotina não tivesse sido quebrada por uma longa reunião entre o técnico Cuca e o elenco, que durou cerca de 30 minutos e contou com a participação ativa do lateral-esquerdo Júnior César e do atacante Washington, dois líderes do atual elenco e que também pediram a palavra.

Todos gesticularam muito, mas em tom amistoso, deixando visível que a conversa foi com o objetivo de animar todo o plantel, que ficou muito abatido com a derrota de 3 a 2 para o Coritiba no último sábado, no Maracanã. Agora, a meta é ganhar o clássico contra o Botafogo, no Engenhão, no final de semana, para começar a se distanciar da zona de rebaixamento.

Depois do treino, Cuca conversou com os jornalistas e deixou claro que a conversa não foi em tom de cobrança, pois ele não tem a menor dúvida de que todos do elenco estão se empenhando ao máximo para tirar o time desta situação.

”Todos os jogadores do Fluminense estão se esforçando muito para conquistar a vitória. Não estamos passando a mão na cabeça do elenco, mas sabemos do empenho de todos. Ninguém neste grupo gosta de estar na zona de rebaixamento e não estamos acomodados com isso. Mas temos que ter a sabedoria de perceber que a entrega está sendo total” disse Cuca.

O treinador disse que os jogadores aprovaram a decisão da comissão técnica de manter os treinos desta semana no Rio de Janeiro, já que chegou a ser cogitada uma ida a Volta Redonda para afastar a pressão dos torcedores.

”Não queremos deixar o Rio de Janeiro porque contamos com o apoio dos nossos torcedores para deixarmos essa delicada situação na tabela de classificação. Esse apoio é fundamental, pois temos que fechar com a torcida e nos mobilizarmos já para o confronto com o Botafogo, que será muito complicado e na casa do adversário”, explicou Cuca.

Os jogadores do Fluminense também acreditam que o apoio da torcida será fundamental para que a equipe consiga sair desta delicada situação no Campeonato Brasileiro. “O Fluminense sempre vai precisar do apoio de seus torcedores. Quando o momento não é bom as desculpas aparecem, mas isso aqui não está acontecendo porque todos têm trabalhado com muito empenho. Vamos mostrar dentro de campo que o Fluminense não está morto e que vai conseguir reagir neste Campeonato Brasileiro”, garantiu o goleiro Fernando Henrique.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar