iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

22/09 - 18:45

Santos tem “plano B” para ampliação da Vila Belmiro

Em reunião, presidente Marcelo Teixeira disse a conselheiros que vai reativar projeto para o estádio

Gazeta Esportiva


SANTOS - O Santos espera tirar da gaveta um dos sonhos mais antigos de seus torcedores: aumentar a capacidade de receber torcedores na Vila Belmiro. O plano pretende dar seqüência a reformulação do estádio, mesmo se a Prefeitura de Santos recuar na colaboração ao clube, firmada no final do ano passado.

Em reunião realizada na última semana no Conselho Deliberativo, o presidente santista, Marcelo Teixeira, anunciou que estuda reativar o projeto com a ajuda de capital externo, sem especificar quem seriam estes eventuais investidores.

Em 2007, clube e município firmaram acordo para ampliar a capacidade da casa do Peixe, de 20 mil para 37 mil assentos em um primeiro estágio, aumentando posteriormente para 40 mil lugares depois de alguns anos. A idéia da cúpula santista é fazer da Vila Belmiro um local para amistosos preparatórios para a Copa do Mundo de 2014, tendo em vista que o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, apontou Santos como uma das sub-sedes da competição.

No entanto, a empolgação da diretoria do Peixe foi brecada pela Prefeitura, que comunicou à imprensa que cuidaria apenas das obras ao redor do estádio alvinegro (asfaltamento, iluminação, rede de esgoto, drenagem), sem injetar dinheiro público para a modernização da Vila Belmiro.

Apesar de o estádio ter sofrido amplas modificações no biênio 2006 - 2007, com a construção de camarotes e reforma da parte externa do local, o clube ainda luta contra outros problemas que não deixam os santistas concretizarem seus objetivos. Segundo a Prefeitura, as associações de moradores do bairro da Vila Belmiro dificultam o andamento do atual projeto. Outra dificuldade está no fato de ser este um período eleitoral, o que impede a realização de novas obras com dinheiro público.

No projeto apresentado no ano passado, o estádio do Santos ficaria semelhante à lendária La Bombonera, do Boca Juniors. ˝Estamos com um estudo paralelo para fazer como o Boca, que expandiu seu estádio verticalmente˝, disse Marcelo Teixeira.

Novo Setor - Enquanto não se chega a conclusão se a ˝nova Vila Belmiro˝ sairá mesmo do papel ou continuará como promessa, a direção santista procura outras alternativas. Como já havia adiantado à reportagem da Gazeta Esportiva.Net, o clube acertou o arrendamento de parte da arquibancada lateral inferior do estádio para a Visa do Brasil e a Outplan.

A idéia consiste em implementar na Vila Belmiro algo semelhante ao que já acontece nos estádios de Palmeiras, Figueirense e Botafogo. De frente para as sociais da Vila, com cercado de vidro e atendimento especial, o setor Visa deve se assemelhar aos camarotes térreos do lado oposto, porém com maior ligação com as arquibancadas. As obras já tiveram início e estão programadas para serem encerradas no final de outubro.

Esta pode ser uma solução para o Peixe arrecadar mais dinheiro em dias de jogos, pois os torcedores que moram em outras cidades podem adquirir suas entradas via Internet. Nesta quarta-feira será concedida uma entrevista coletiva, a partir das 11 horas, com a presença dos representantes das empresas envolvidas nesta iniciativa e do presidente do Santos, Marcelo Teixeira, quando serão divulgados outros detalhes desta parceria


Leia mais sobre: Santos Vila Belmiro



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Divulgação

ALÇAPÃO RENOVADO?
Sem projeto para novo estádio, clube pretende aumentar capacidade da Vila

Topo
[x] fechar