iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

22/09 - 14:50

Mesmo após derrota, Renato Gaúcho parabeniza jogadores do Vasco

Treinador deu força para comandados após a derrota; jogadores questionaram arbitragem de Rogério Roman

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Na zona de rebaixamento (17ª colocação) com 26 pontos, a situação do Vasco vai se complicando cada vez mais.

Contudo, o recém-chegado técnico Renato Gaúcho prefere dar força aos seus jogadores, o que fez após a derrota contra o Palmeiras no último domingo.

“Dei os parabéns para os meus jogadores no vestiário, apesar da derrota, pois você não pode se entregar”, apontou o treinador, que garante que sua equipe deixará a má situação em que se encontra, a começar pela próxima partida, contra o Ipatinga.

“Tenho certeza que com este espírito, o Vasco vai sair dessa situação. Diante do Ipatinga a gente vai ver um Vasco ainda melhor. Confio bastante no Vasco, que é grande e tem uma torcida grande. Isso vai fazer a diferença”, assegurou Renato Gaúcho.

Fora das quatro linhas, o departamento jurídico do time cruzmaltino trabalha para tentar diminuir a punição imposta ao volante Jonílson. Expulso contra o Cruzeiro, há quase duas semanas, o jogador foi suspenso por quatro partidas.

“Nós consideramos que a punição foi exacerbada, pois o Jonílson é primário e consideramos que ele tinha que ter pegado no máximo dois jogos. Houve uma falta muito mais grave no jogo e o jogador do Cruzeiro nem amarelo levou”, afirmou o vice-presidente jurídico do Vasco, Luiz Américo Chaves, à Rádio Brasil.

Quem também mostra insatisfação com a arbitragem é o atacante Edmundo, que criticou a atuação de Evandro Rogério Roman no jogo contra o Palmeiras. O Animal reclamou da falta de critério do árbitro paranaense.

“Não sou analista de arbitragem, mas a falta que o André fez, existiram dez no jogo. Em algumas ele não deu nem amarelo”, disparou o camisa 10.

Companheiro de ataque de Edmundo, Leandro Amaral também mostrou descontentamento com a atuação de Roman no último domingo.

“De um lado, o nosso jogador é punido, e do outro lado ele não recebe punição nenhuma. Às vezes nem falta ele estava dando ali para a gente”, afirmou Leandro.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar