iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

22/09 - 18:55

Arbitragem é primeira polêmica do Gre-Nal

Gremistas querem gaúcho no apito, enquanto colorados dizem que reclamação é pressão nos árbitros

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - Quase uma semana antes da realização do Gre-Nal pelo Campeonato Brasileiro, já surge a primeira polêmica envolvendo o clássico gaúcho e o assunto é a arbitragem. Após o empate de domingo com o Atlético-PR, o assessor de futebol do Grêmio, André Krieger, afirmou que gostaria que um árbitro gaúcho fosse escalado para apitar o clássico.

A declaração veio após um pênalti não marcado por Alicio Pena Junior a favor do Tricolor na Arena da Baixada. O dirigente confirmou que fará um protesto formal contra a arbitragem, mas negou que vá pedir para que um gaúcho apite o Gre-Nal.

“No domingo houve influência direto no resultado. Ele (o árbitro Alicio Pena Júnior) não marcou porque não quis. Minha preferência é pelos melhores e os melhores são gaúchos”, voltou a afirmar Krieger.

As declarações ecoaram no Beira-Rio. Os vermelhos não gostaram das reclamações dos rivais e responderam rapidamente às reclamações.

“Flagramos com clareza que a atitude do Grêmio visa condicionar a arbitragem. Porque vão ficar de segunda a domingo falando contra arbitragem no ambiente em que os árbitros residem. Para nós a procedência do árbitro independe, porque houve erros de arbitragem contra e a favor de todo mundo. Por sinal, houve mais erros contra os adversários que jogaram com o Grêmio, que teve no mínimo sete resultados influenciados pela arbitragem, do que contra o próprio Grêmio. Acho curioso que esteja ocorrendo esse choro agora”, rebateu o diretor de futebol do Inter, Fernando Carvalho.

O sorteio que definará a arbitragem para o Gre-Nal será realizado na próxima quinta-feira


Leia mais sobre: Grêmio Internacional campeonato brasileiro



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar