iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

21/09 - 18:03

Grêmio empata com Furacão e vê liderança ameaçada

Com o resultado, Grêmio está somente um ponto à frente do Palmeiras e três adiante do Cruzeiro

Gazeta Esportiva

CURITIBA - Em um jogo muito brigado, tecnicamente sofrível, Atlético Paranaense e Grêmio empataram sem gols na Arena da Baixada. O resultado não era o esperado por nenhum dos times, mas serviu para manter os gaúchos na liderança do Campeonato Brasileiro por pelo menos mais esta rodada, com 50 pontos, enquanto o Furacão segue ameaçado pela zona de rebaixamento.

Apesar de ter se mantido na ponta, o Grêmio tem motivos para se preocupar. Isso porque o Palmeiras venceu o Vasco e colou no líder, com 49 pontos.  O Cruzeiro também ameaça, com 46 pontos. Agora, o Tricolor gaúcho tem pela frente o clássico contra o Internacional, domingo que vem.

Clima tenso fora de campo, com confronto da torcida nas ruas da capital paranaense, e também dentro de campo, com os times precisando da vitória. Aos dois minutos, depois de cobrança de falta de Netinho, Júlio César apareceu para tocar de cabeça pela linha de fundo. Porém, as chances eram escassas no começo de jogo, com muitas faltas e marcação forte.

Com dores nas costas, Tcheco chegou a assustar o departamento médico gremista, mas logo voltou ao jogo. Aos 10 minutos, o meia apareceu na área para desviar um cruzamento, mas com defesa fácil de Gallato. Aos 15 minutos, Ortmann chamou a marcação e deixou a bola para Marcel que abriu espaço e bateu para fora, no primeiro chute a gol. Aos 18 minutos, Perea aproveitou falha da zaga, entrou na área e bateu para grande defesa de Gallato.

O Tricolor mostrava que estava à vontade em campo, mesmo com a pressão contra da torcida rubro-negra. Aos 23 minutos, mais uma batida forte, desta vez de Paulo Sérgio, que obrigou Gallato a fazer mais uma bela defesa. A resposta veio apenas aos 32 minutos, com uma cabeçada perigosa de Rafael Moura. O clima continuava tenso, com muita reclamação dos jogadores. Aos 42 minutos, Tcheco cobrou falta e a bola saiu com perigo após desvio.

Na segunda etapa, nenhum dos treinadores mexeram nas equipes. Aos dois minutos, Ferreira fez a jogada e cruzou pra Rafael Moura, que pegou de primeira, mas completamente sem direção. Na resposta, Perea mandou uma bomba para Gallato salvar outra vez com uma grande intervenção. Aos 12 minutos depois levantamento na área, Perea desviou e Gallato, no reflexo, defendeu. No rebote, Rever chutou sobre a zaga.

O Grêmio pressionava tentando abrir o placar, mas continuava parando no camisa 1 atleticano. Aos 17 minutos, Rafael Moura arriscou o tiro de longe, mas sem problemas para Vitor. Aos 22 minutos, Pero Oldoni ganhou da zaga, mas na hora do chute, mandou na arquibancada. O Furacão melhorou, mas ainda não equilibrava as ações. No meio-campo, um verdadeiro vale-tudo, com muitas divididas fortes e jogadores rasgando do jeito que dava.

Em meio ao jogo truncado alguns lances de perigo, como aos 32 minutos, com uma cobrança violenta de falta de Antônio Carlos, que exigiu reflexo do goleiro Vitor. O empate parecia agradar ao time da casa, que assumiu uma postura mais defensiva. Celso Roth apostou na entrada de Morales, mas nenhuma jogada foi criada para explorar sua altura. Aos 42 minutos, Soares entrou na área e, na hora do chute foi travado, para reclamação dos jogadores, que queriam pênalti.

Na próxima rodada, o Atlético Paranaense terá o clássico diante do Coritiba, no próximo final de semana, no Estádio Couto Pereira. Antes, vai ao México, onde terá um confronto pela Copa Sul-americana, possivelmente como time reserva. Já o Grêmio terá pela frente o arqui-rival Internacional, no Estádio Beira-Rio.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 0 x 0 GRÊMIO  (Veja como foi o jogo lance a lance)

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 21 de setembro de 2008, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Alicio Pena Junior (Fifa-MG)
Assistentes: Jair Albano Felix e Rodrigo Otavio Baeta (ambos de MG)
Cartões amarelos: Antônio Carlos, Rafael Moura, Ferreira (Atlético-PR); Anderson Pico, Ortmann, Paulo Sérgio, Rever (Grêmio)

ATLÉTICO-PR: Gallato; Danilo, Antônio Carlos e Rhodolfo; Alberto, Alan Bahia (Márcio Azevedo), Chico, Ferreira e Netinho; Julio César (Pedro Oldoni) e Rafael Moura (Zé Antônio)
Técnico: Geninho

GRÊMIO: Victor; Léo, Jean e Rever; Paulo Sérgio, Rafael Carioca, Orteman, Tcheco e Anderson Pico (Souza); Perea (Soares) e Marcel (Morales)
Técnico: Celso Roth


Leia mais sobre: Grêmio AtléticoPR Brasileirão



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Futura Press

Tudo igual
Grêmio e Atlético fizeram jogo de poucas chances, no qual nenhuma das equipes chegou ao gol

Topo
[x] fechar