iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

20/09 - 20:57

Sport e São Paulo travam duelo de olho no G-4

“Nosso objetivo é chegar entre os quatro primeiros e, para isso, temos que manter esse foco até o final", disse Nelsinho Baptista

Gazeta Esportiva

RECIFE - O tradicional calor que costuma castigar aos adversários do Sport nas partidas disputadas na Ilha do Retiro será ainda maior neste domingo, às 16 horas (de Brasília), quando a bola começar a rolar para o duelo do rubro-negro pernambucano diante do São Paulo.

Apesar de já ter vaga garantida na próxima edição da Libertadores da América 2009, graças à conquista do título da Copa do Brasil desta temporada, os jogadores do Sport sonham em levantar mais uma taça e, para isso, precisam derrubar o atual bicampeão brasileiro para chegar mais perto do G-4.

Atualmente na oitava colocação, com 38 pontos (quatro atrás do São Paulo, o quinto na tabela), o Leão pernambucano espera manter a fama de “exterminador de paulistas” para, neste domingo, chegar à sua quarta vitória consecutiva e ao sexto jogo de invencibilidade.

“Nosso objetivo é chegar entre os quatro primeiros e, para isso, temos que manter esse foco até o final. Sabemos os pontos fortes do São Paulo e vamos procurar anulá-los com o que temos de melhor”, avisou o meia Kássio, em alta com o técnico Nelsinho Baptista.

Os são-paulinos também têm planos ambiciosos para o encontro deste domingo e esperam driblar adversidades como calor, torcida e gramado ruim para conquistar um bom resultado e manter viva a esperança de superar o Grêmio, líder isolado da competição nacional, com 49 pontos.

“Ano passado fomos lá e ganhamos. Neste ano, podemos fazer de novo”, comentou o volante Hernanes, citando a vitória são-paulina sobre o Sport em 28 de outubro do ano passado, por 2 a 1, com gols de Rogério Ceni e Aloísio. “Foi em partidas assim, desse nível, que conseguimos vencer e fazer a diferença no ano passado. Já temos a receita. Vamos tentar vencer e mostrar que estamos na parada”, completou o pernambucano, feliz por voltar a jogar em sua verdadeira “casa”.

Para o importante confronto deste domingo, os técnicos Nelsinho Baptista e Muricy Ramalho terão problemas. O treinador pernambucano é quem está mais enrolado, pois não poderá contar com três atletas: o lateral-direito Sidny, contundido, além do artilheiro Roger, suspenso, e com direitos federativos presos ao São Paulo, e o meia Francisco Alex, outro ligado ao clube do Morumbi e impedido de atuar por questões contratuais.

O treinador definiu a manuntenção do atacante Carlinhos Paraiba, destaque na goleada por 5 a 0 sobre o Figueirense, na lateral direita do time, na expectativa de sufocar o São Paulo no campo de defesa.

“O Sport vem jogando bem e não há razão para temer o São Paulo. Não podia optar por uma escalação mais defensiva e ficar me preocupando com a defesa. Tenho que fazer o São Paulo se preocupar com nosso ataque”, avisou Nelsinho, que também mexerá na linha de frente, mandando Enilton e Wilson a campo.

Apesar de escalado fora de sua posição habitual, Carlinhos Bala está confiante. “Mudo tanto que já estou habituado. Para mim não tem problema, pois o mais importante é estar em campo”, sintetizou o atacante, herói da conquista da Copa do Brasil sobre o Corinthians.

Pelo lado são-paulino, a dúvida de Muricy Ramalho é no meio-campo. Sem poder contar com Jean, suspenso, o treinador terá de optar pela entrada de Joílson ou Richarlyson no setor, com mais chances para o canhoto.

“Ainda está em aberto”, despistou, citando, na seqüência, o que espera de sua equipe no 'caldeirão' da Ilha do Retiro neste domingo.

“Meus jogadores treinaram a semana toda e estão bem preparados. Não tem essa de calor ou campo ruim. Ano passado estava 40 graus, nós fomos lá e ganhamos”, concluiu. O artilheiro Borges, machucado, segue de fora do time.

FICHA TÉCNICA:
SPORT X SÃO PAULO

Local: Estádio Ilha do Retiro, em Recife (PE)
Data: 21 de setembro de 2008 (domingo)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Djalma José Beltrami Teixeira (Fifa-RJ)
Assistentes: Milton Otaviano dos Santos (Fifa-RN) e Hilton Moutinho Rodrigues (Fifa-RJ)

SPORT: Magrão; Igor, Durval e César; Carlinhos Bala, Andrade, Júnior Maranhão, Kássio e Dutra; Wilson e Enílton
Técnico: Nelsinho Baptista

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Rodrigo, André Dias e Miranda; Zé Luis, Joílson (Richarlyson), Hernanes, Hugo e Jorge Wagner; André Lima e Dagoberto
Técnico: Muricy Ramalho


Leia mais sobre: Sport São Paulo Brasileirão



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar