iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

20/09 - 21:07, atualizada às 09:03 21/09

Atlético-PR e Grêmio duelam na Arena em busca de reabilitação

Jogo em Curitiba pode fazer com que a liderança do Brasileirão mude de mãos, se os donos de casa não decepcionarem a sua torcida na luta contra o rebaixamento

Gazeta Esportiva

CURITIBA - O Atlético Paranaense entrará em campo neste domingo, às 16 horas (de Brasília), na Arena da Baixada, com duas missões. A primeira será conseguir pela primeira vez duas vitórias consecutivas no Campeonato Brasileiro e se reabilitar na competição. A outra, é derrubar o líder Grêmio - que vê sua posição ameaçada pelo Palmeiras - e dar mais emoção à disputa pelo título.

Da última vez que os times se enfrentaram na capital paranaense, em 2007, o jogo terminou na delegacia após uma briga generalizada na entrada dos vestiários da Arena. Na ocasião, o meia Tcheco foi um dos mais descontrolados. A batalha foi uma reação à violenta partida do Olímpico naquele mesmo ano. Desta vez, em posições distantes na classificação, os times vão lutar para alcançar objetivos diferentes.

O técnico Geninho será obrigado a fazer pelo menos uma alteração no Furacão em relação ao time que derrotou a Portuguesa no último final de semana. O volante colombiano Valência recebeu o terceiro cartão amarelos e cumprirá suspensão automática. Em seu lugar entra Alan Bahia, artilheiro do time com seis gols marcados. Outro que luta por uma vaga no time é o jovem Chico, que chegou a treinar como titular.

Para o zagueiro Antônio Carlos, a partida será ua verdadeira decisão e o time tem que fazer prevalecer o fator casa. “A partida deste domingo será ainda mais importante e precisamos muito da vitória. Teremos a ajuda da nossa torcida e eles estarão fazendo festa. O Grêmio perdeu o último jogo e teremos uma tarefa difícil, mas dentro de casa temos que vencer”, avaliou.

Em Porto Alegre, a derrota para o Goiás trouxe seqüelas para o Grêmio. Além de ver o Palmeiras entrar no seu vácuo, o clube gaúcho notou a queda de rendimento da equipe. Entre uma troca de farpas e outra com os adversários que estão na briga pelo título, o time ganhou uma nova escalação.

O volante William Magrão segue de fora com uma entorse no tornozelo esquerdo. Com Souza em seu lugar, o diagnóstico foi que faltou pegada e a consistência defensiva. A solução foi tira-lhe a titularidade, entregando-a a Orteman

“Vamos respeitar o Atlético, mas vamos para ganhar e manter a ponta”, resumiu o uruguaio que pela primeira vez começará jogando em uma partida do Brasileirão. A vitória é essencial para os gremistas. Em caso de derrota e o Palmeiras vencendo no fim de semana, o Verdão chega à mesma pontuação do Grêmio, porém com uma vitória a mais e assumiria a liderança do campeonato.

No ataque, também há mudanças. Perea ainda não tem as melhores condições físicas após recuperar-se rapidamente de lesão no joelho e ficará no banco. Reinaldo está suspenso e, finalmente, Soares ganhará a oportunidade de formar dupla com Marcel.

Na zaga, Pereira, com contratura muscular, cede espaço para Jean. Na ala-esquerda, Anderson Pico volta a ser o dono da camisa número 6, deixando Hélder entre os bancários. Os jogadores prometem uma marcação intensa para recuperar os pontos perdidos no Olímpico.

O meia Tcheco esteve envolvido em uma confusão no confronto na Arena da Baixa no ano passado. O jogador foi agredido por um segurança do presidente do Conselho Deliberativo do Atlético-PR, Mário Celso Petraglia. Enquanto o gremista Eduardo Costa e atleticano Claiton quase saíram no tapa. O meio-campista acredita que isso não influenciará em nada no confronto deste domingo.

“Isso é coisa do passado. Agora são outros tempos. O que ocorreu comigo não foi nem com o Atlético. Foi com um dirigente do clube que não tinha nada que descer no vestiário. E os jogadores não estão mais nas respectivas equipes. Eles estão tentando sair da zona, nos tentando manter a liderança. Vamos concentrados para fazemos um bom jogo. Sabendo que haverá uma pressão muito grande. Mas temos nossa força”, opinou Tcheco.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR x GRÊMIO

Local:
Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 21 de setembro de 2008, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Alicio Pena Junior (Fifa-MG)
Assistentes: Jair Albano Felix e Rodrigo Otavio Baeta (ambos de MG)

ATLÉTICO-PR: Gallato; Danilo, Antônio Carlos e Rhodolfo; Alberto, Alan Bahia, Chico, Ferreira e Netinho; Julio César e Rafael Moura
Técnico: Geninho

GRÊMIO: Victor; Léo, Jean e Rever; Paulo Sérgio, Rafael Carioca, Orteman, Tcheco e Anderson Pico; Soares e Marcel
Técnico: Celso Roth


Leia mais sobre: Grêmio Atlético-PR Brasileirão



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Esportiva

Comemorações de volta?
Mesmo sem a sua torcida, Grêmio tentará reencontrar o caminho do sucesso no Brasileirão

Topo
[x] fechar