iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

20/09 - 21:27

Cuca entende vaias, mas pede mobilização geral

"Temos de esquecer os problemas. Neste momento, a mobilização é necessária, porque quando está em cima é fácil", disse

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O técnico Cuca entendeu as vaias da torcida do Fluminense na derrota por 3 a 2 para o Coritiba, neste sábado, pelo Campeonato Brasileiro. O treinador lamentou as chances desperdiçadas pelo Tricolor das Laranjeiras e aceitou as críticas dos torcedores.

“Não tem o que dizer, a torcida tem de estar chateada mesmo. São coisas inexplicáveis, porque fizemos uma boa partida e tivemos chance de vencer. Perdemos muitas oportunidades e, em quatro ataques, o Coritiba acertou três”, afirmou.

A derrota manteve o Fluminense na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, com apenas 25 pontos. Desta forma, Cuca afirmou que chegou o momento de haver uma união total pelo bem do clube.

“O Fluminense tem de se mobilizar, com torcida, diretoria, comissão técnica e jogadores. Temos de esquecer os problemas. Neste momento, a mobilização é necessária, porque quando está em cima é fácil. Temos condição de sair e todo mundo está sentindo o perigo iminente. Hoje, é pior ter alguma atitude contrária aos jogadores, querendo agredir e sem deixar treinar. A torcida tem todo o direito de se manifestar, mas é pior”, afirmou o técnico, que não descartou abrir diálogo com torcedores.

“Se quiser reunir e conversar, não problema nenhum porque precisamos de mobilização total”, afirmou. Cuca ainda avisou que não pretende levar o time para treinar em algum refúgio longe da torcida.

“O Fluminense vai trabalhar nas Laranjeiras, não vai sair. Esta é a pressão natural porque querem ver o time ganhar”, ponderou o comandante.


Leia mais sobre: Cuca Brasileirão



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar