iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

20/09 - 18:02

Com gol no final do jogo, ABC bate o Paraná em casa

Resultado mantém equipe curitibana na zona de rebaixamento, com 27 pontos; ABC é o 12° com 33 pontos

Gazeta Esportiva

CURITIBA - O Paraná Clube foi a Natal em busca da reação na Série B do Brasileirão, mas foi castigado com um gol aos 40 minutos do segundo tempo que deu a vitória ao ABC. Com o resultado o time paranista permanece com 27 pontos e continua na luta para fugir do fantasma da zona de rebaixamento, enquanto a equipe potiguar, que estreava o técnico Arthur Neto, chega aos 33 pontos.

Os times começaram a partida se estudando, um pouco tímidas no campo de ataque. Aos quatro minutos, Luizinho Netto tentou o cruzamento fechado, a bola passou por todo mundo e ninguém completou. Aos oito minutos, após cobrança de escanteio, Ivan apareceu na área para tocar de cabeça com perigo, mas pela linha de fundo. Aos 10 minutos, Fabinho cobrou falta, a zaga afastou e Cristian, no rebote, desperdiçou.

Depois de uma pequena pressão do time da casa, o jogo voltou a ficar equilibrado, mas ainda sem muita criatividade dos setores ofensivos. Aos 12 minutos, Marcio Hahn avançou com liberdade e deixou a bola para Ivan, que completou para fora. Depois uma pequena paralisação por causa de uma corneta que atrapalhava as instruções dadas por Comelli, a partida recomeçou com Luizinho Netto cobrando falta, aos 21 minutos, obrigando Mauro a fazer grande defesa.

Muito truncado, o jogo era sofrível em alguns momentos, com o ABC sem conseguir penetrar na defesa paranista e o Tricolor sem conseguir armar os contra-ataques. Aos 28 minutos, após cruzamento, Mauro não conseguiu tirar e Agenor apareceu em cima da linha para tirar o chute de Leandro Sena. Aos 36 minutos, Fabrício cobrou falta na entrada da área, mas chutou em direção. Aos 43 minutos, Ivana apareceu na cara do gol e Mauro saiu para salvar.

Na segunda etapa, o Paraná voltou mais ofensivo e, aos dois minutos, Cristian fez o cruzamento, mas ninguém entendeu a jogada na área. Na reposta, Fabiano Gadelha chegou à linha de fundo e deixou para Warley, que ganhou da zaga mas, bateu para longe da meta. Aos sete minutos, Cristian teve mais uma falta para bater na entrada da área e desta vez Ranieri fez boa defesa.

O jogo melhorou, com mais movimentação dos dois times, mas nenhuma grande oportunidade havia sido criada. Aos 12 minutos, Panda chegou pela lateral da área e cruzou pra Ronaldo, que desviou de cabeça com perigo. Na resposta, dois minutos depois, Cristian partiu para a jogada individual, mas foi travado antes da complementação. Aos 22 minutos, Luizinho Netto cobrou falta e Mauro tocou pela linha de fundo.

O time da casa começou a esboçar uma pressão, empurrado pelo torcedor que exigia o resultado positivo em casa. Aos 30 minutos, Murilo pegou rebote da zaga e bateu de fora da área por cima da meta. Aos 35 minutos, Kleber aproveitou cobrança de escanteio e tocou de cabeça para fora. O jogo se encaminhava para o final e nem sinal de gol em Natal. Até que aos 40 minutos, Bosco subiu na área e tocou de cabeça para o fundo das redes, definindo o placar.

Na próxima rodada, o Paraná Clube volta para a capital paranaense, onde na terça-feira recebe o outro time do Rio Grande do Norte na competição, o América-RN, na Vila Capanema. Já o ABC tem mais uma partida em casa, diante do Fortaleza, no mesmo dia, no Estádio Frasqueirão.

FICHA TÉCNICA

ABC 1 x 0 PARANÁ

Local: Estádio Frasqueirão, em Natal (RN)
Data: 20 de setembro de 2008, sábado
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Wilson Souza De Mendonça (PE)
Assistentes: Ubirajara Ferraz Jota e Julio Cezar Bezerra da Silva (ambos de PE)
Cartões amarelos: Márcio Santos, Leandro Sena (ABC); Fabrício, Ricardinho, Pituca (Paraná)

Gol:
ABC: Bosco, aos 40 minutos do segundo tempo

ABC: Raniere; Luisinho Netto, Márcio Santos, Paulo César e Panda (Bosco), Alexandre Oliveira, Márcio Hahn, Leandro Sena (Rodriguinho) e Fabiano Gadelha, Ronaldo e Ivan (Warley).
Técnico: Arthur Neto

PARANÁ: Mauro; Murilo (André Luiz), Fabrício, Leandro e Fabinho; Agenor, Pituca, Kléber e Cristian (Daniel Marques); Cristiano (Éder) e Ricardinho
Técnico: Paulo Comelli


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar