iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

19/09 - 12:08

Só oito clubes não mudaram de técnico no Campeonato Brasileiro

Do grupo que freqüenta a parte de cima da tabela, apenas o Botafogo trocou de treinador durante o Brasileirão

Gazeta Esportiva


SÃO PAULO - Dos 20 clubes que participam do Campeonato Brasileiro da série A, apenas oito clubes ainda mantêm os treinadores do início da competição. Destes, quase todos ocupam as primeiras colocações do torneio: Grêmio, Palmeiras, São Paulo, Flamengo, Vitória, Sport e Coritiba.

Do grupo que freqüenta a parte de cima da tabela, apenas o Botafogo trocou de treinador, inclusive em duas ocasiões.

Na parte de baixo da tabela, em contrapartida, a rotatividade é muito grande. Fluminense, Ipatinga, Santos, Portuguesa e Atlético Paranaense trocaram diversas vezes de treinador. O campeão das mudanças é o Furacão que teve quatro técncos efetivos e um interino, Tico, que comandou o time em três jogos.

Reflexo da dança das cadeiras, o técnico Cuca, por exemplo, ainda não conseguiu viver fora longe da zona de rebaixamento, embora esteja dirigindo seu terceiro clube na competição. Saiu do Botafogo quando o Alvinegro estava na zona do perigo, foi para o Santos, que ficou na zona de rebaixamento durante toda a sua permanência e agora está no Fluminense, que também sofre com o fantasma do descenso.

Já Roberto Fernandes tem uma trajetória bastante curiosa. Começou no Náutico, se transferiu para o Atlético-PR e voltou para o Timbu, reestreando na 19ª rodada. Geninho também está no seu terceiro clube, todos com campanhas irregulares no Brasileiro.

Confira a dança das cadeiras do Brasileirão:

Atlético-PR: Ney Franco, Roberto Fernandes, Tico dos Santos, Mário Sérgio e Geninho
Figueirense: Alexandre Gallo, Guilherme Macuglia, PC Gusmão e Mário Sérgio
Náutico: Roberto Fernandes, Leandro Machado, Pintado e Roberto Fernandes
Botafogo: Cuca, Geninho e Ney Franco
Atlético-MG: Geninho, Alexandre Gallo e Marcelo Oliveira
Portuguesa: Vágner Benazzi, Valdir Espinoza e Estevam Soares
Vasco: Antonio Lopes, Tita e Renato Gaúcho
Santos: Emerson Leão, Cuca e Márcio Fernandes
Ipatinga: Giba, Ricardo Drubscky e Márcio Bitencourt
Internacional: Abel Braga e Tite
Fluminense: Renato Gaúcho e Cuca
Goiás: Vadão e Hélio dos Anjos

Os sobreviventes:

Grêmio - Celso Roth
Palmeiras - Wanderley Luxemburgo
São Paulo - Muricy Ramalho
Cruzeiro - Adilson Batista
Flamengo - Caio Júnior
Vitória - Vágner Mancini
Coritiba - Dorival Júnior
Sport - Nelsinho Baptista


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Megaplayer

treino botafogo

Caso raro
Apenas o Botafogo trocou de treinador entre as primeiras equipes no Campeonato Brasileiro

Topo
Contador de notícias