iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

18/09 - 18:12

Juvenal descarta saída de Muricy no fim do ano
“Independente de Libertadores, não apostem na demissão do Muricy", garante o mandatário Tricolor

Gazeta Esportiva


SÃO PAULO - A falta de títulos do São Paulo neste ano não é motivo para o presidente Juvenal Juvêncio pensar em demitir o técnico Muricy Ramalho ao término da temporada. Apesar de ainda não ter vaga garantida na próxima edição da Copa Libertadores, o mandatário do Tricolor reiterou sua confiança no trabalho do comandante.

“Independente de Libertadores, não apostem na demissão do Muricy. Para tirar um técnico, o presidente tem de estar bem convencido de que o tempo do treinador se exauriu. Não posso ficar pensando em pressões de corredor e nem ouço isso. O Muricy é um treinador sério e competente. Antes do treinador, nós vemos o cidadão, e o Muricy merece elogios como treinador e cidadão”, comentou.

Muricy Ramalho tem contrato até dezembro de 2009 com o São Paulo e o presidente recordou que não tem o costume de demitir técnicos, citando que os comandantes anteriores saíram por decisão própria.

“Quando entrei no (departamento de) futebol, tínhamos o Rojas, que levou o time até a Libertadores, mas não poderíamos continuar com ele. Veio o Cuca, que ficou no clube até dizer que não daria mais para ele. Em seguida, o Leão saiu por causa do amigo no Japão. Já o Autuori disse que estava com um problema e saiu”, enumerou.

O mandatário também não se preocupa com o sonho do Internacional de contar novamente com Muricy na próxima temporada. “Não acho que ele saia. Quem bebe a água do São Paulo não quer outra”, finalizou.


Leia mais sobre: São Paulo campeonato brasileiro



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Fernando F. Godoy

PALAVRA DE PRESIDENTE!
Apesar do forte interesse do Inter, Juvenal garante que Muricy continua no São Paulo

Topo
[x] fechar