iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/09 - 16:31

No mês sagrado islâmico, Lazaroni se preocupa com desmaio de jogadores no Catar

Durante o Ramadã, muçulmanos não podem comer na luz do dia e o técnico se preocupa com seus atletas

Gazeta Esportiva

DOHA (Catar) - O futebol árabe, tão habitado por brasileiros nesta temporada, tem peculiaridades que já atingem um técnico verde-amarelo. À frente do Qatar Sport Club, Sebastião Lazaroni se prepara para a segunda partida na Liga nacional, nesta quinta-feira contra o Al-Sailiya, e tem de se preocupar especialmente com seus atletas muçulmanos.

O Catar vive atualmente o Ramadã, nono mês do calendário islâmico no qual os adeptos devem seguir uma série de restrições, dentre elas a proibição de comer e beber ou sair de casa na luz do dia. E isso tem feito com que o ex-comandante da seleção brasileira tenha cuidados diferenciados com boa parte de seu elenco.

“Nesta semana, fizemos um trabalho de recuperação especial com os muçulmanos. Nosso objetivo é diminuir o risco de problemas durante as partidas. Por isso, pedi que a comissão técnica fique atenta à alimentação desses atletas nos horários que eles podem se alimentar”, solicitou Lazaroni, que já passou por apuros na estréia de seu time no torneio local.

“No nosso primeiro jogo, tive que fazer uma substituição porque o jogador estava fraco e quase desmaiou em campo. E um dos mais desgastados é o atacante Sebastien Soria, que fez um gol na estréia”, relatou o técnico, que bateu o Al Khor por 2 a 1 em seu debute no futebol do Catar.

Lazaroni chegou ao Qatar Sport Club em julho com a missão de pôr fim a um jejum de cinco anos sem títulos. Além do treinador, também desembarcaram na equipe outros dois brasileiros: Marcinho, ex-Atlético-MG e Flamengo; e Roger, ex-Fluminense, Corinthians, Flamengo e Grêmio.


Leia mais sobre: futebol internacional Sebastião Lazaroni



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar