iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/09 - 13:46

Elias: “Não é paixão o que sinto pelo Corinthians. É amor”

Jogador que começou nas categorias de base do Palmeiras escondeu amor pelo Corinthians até o jogo de ontem

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Elias resistiu durante quatro meses. Com passagem pelas categorias de base do Palmeiras, o meio-campista escondeu até a noite de terça-feira que era corintiano, conforme orientação do pai à época de sua contratação pelo clube do Parque São Jorge.

Após marcar o gol do empate com o Brasiliense, entretanto, beijou o distintivo do Corinthians e revelou o seu amor.

“Não é paixão o que sinto pelo Corinthians. Paixão acaba. É amor, mesmo”, reforçou nesta quarta-feira. Em sua apresentação, no dia 16 de maio, Elias foi contraditoriamente comedido: “Nenhum jogador deve revelar o time pelo qual torceu. Não vou usar o discurso de todos, pois a minha cabeça é bem formada e meu pai me ajuda muito”.

O meia não se intimidou quando questionado sobre a mudança de postura. “Sempre gostei do Corinthians, mas sou profissional acima de tudo. Alguns jogadores chegam, fazem discursos, beijam a camisa e não correspondem às expectativas. Não queria isso. Preferi ser simples. Mas, com o tempo, a gente vai se apaixonando ainda mais. No meu caso, já era amor”, repetiu.

Elias promete tentar se conter novamente para não demonstrar seus sentimento, porém já não se preocupa em disfarçá-lo. “Gosto muito do Corinthians e deixei isso escapar quando fiz o gol. Foi um momento de emoção. Até espero que isso se repita”, sorriu o ex-palmeirense.

Ainda em Taguatinga, Elias afirmou que planeja ser o “novo Rincón” do Corinthians. Apesar da ambição de se tornar um ídolo, ele também revelou que já sonha com uma transferência para o futebol europeu.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar