iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/09 - 17:46

Com gol de Lino, Porto bate Fenerbahce; Arsenal empata em Kiev

Brasileiro garantiu a vitória do time português por 3 a 1, enquanto ingleses ficaram no 1 a 1 fora de casa

Gazeta Esportiva

LISBOA (Portugal) - Depois de nove anos, finalmente o Porto conseguiu vencer em uma estréia na Liga dos Campeões. Sem começar triunfando desde 1999, os atuais tricampeões portugueses fizeram dois gols-relâmpagos e conseguiram bater o Fenerbahce por 3 a 1 nesta quarta-feira, no Estádio do Dragão, em duelo válido pelo grupo G da competição.

Destaque para o terceiro gol, marcado pelo ex-lateral-esquerdo são-paulino Lino apenas um minuto após entrar em campo.

Diante do time de Roberto Carlos, Alex, Lugano e Maldonado comandado por Luis Aragones, técnico da Espanha campeã européia neste ano, os portistas tinham como arma sua força ofensiva, e os donos da casa começaram fazendo pressão desde o início. Deu resultado.

Aos 11 minutos, Raul Meireles recebeu dentro da área e cruzou na marca do pênalti. Oportunista, o argentino Lisandro López conseguiu desviar mesmo pressionado por dois marcados para abrir o placar. Dois minutos depois, Lucho González aproveitou passe de Rodríguez para encher o pé e fazer um golaço.

Em desvantagem, os turcos se lançaram ao ataque, principalmente pela esquerda, onde contavam com a dupla Roberto Carlos e Boral. E foi o segundo que protagonizou o gol que acalmou o furor português.

Aos 29 minutos, Boral cruzou, Alex cabeceou e o goleiro brasileiro Helton fez grande defesa, mas deixou a bola nos pés de Guiza, que só empurrou para as redes e comemorou muito a manutenção do Fenerbahce “vivo” para a seqüência da partida.

Mesmo assustado com o gol, o Porto conseguiu segurar o ímpeto adversário ainda no primeiro tempo e passou a tentar implantar um ritmo mais tranqüilo ao confronto na volta do intervalo. Na reta final, Roberto Carlos chegava com constância ao ataque. As investidas do brasileiro, porém, não foi suficiente para evitar a derrota da equipe que chegou às quartas-de-final nas mãos de Zico na última edição da Champions.

Para piorar a situação turca, o lateral-esquerdo brasileiro Lino, ex-São Paulo, entrou em campo nos descontos e precisou apenas de um minuto em campo para aproveitar cruzamento do romeno Sapunaru e fechar um mais tranqüilo placar de 3 a 1 a favor dos lusitanos.

Empate no sufoco
Também pelo grupo G, o Arsenal, cotado como favorito para terminar na liderança da chave, decepcionou. Jogando na Ucrânia, os ingleses sofreram até os 43 minutos do segundo tempo para empatar em 1 a 1 com o Dynamo de Kiev em sua estréia.

Também presente nas quartas-de-final da principal competição européia na última temporada, os Gunners atuaram com o volante brasileiro Denílson como titular e desceu bem ao ataque, que tinha Adebayor e Van Persie auxiliados pelo rápido Walcott. Mas as tentativas não resultaram em gol no primeiro tempo.

Na volta do intervalo, o Dynamo apareceu mais no jogo e conseguiu um pênalti aos 28 minutos da etapa final, quando Gallas derrubou Yussuf. Na cobrança, Bangoura não desperdiçou e abriu o placar. Aos 43 minutos, o zagueiro francês se recuperou ao igualar o marcador.


Leia mais sobre: Porto Fenerbahce Arsenal



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar