iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

16/09 - 08:33

Felipão estréia no seu principal desafio no Chelsea
Clube inglês contratou o brasileiro para conquistar a Liga dos Campeões, já que o mata-mata é sua especialidade

Gazeta Esportiva

LONDRES (Inglaterra) - O título da Liga dos Campeões é uma verdadeira obsessão do Chelsea desde que o magnata Roman Abramovich assumiu o controle do clube. Depois de falhar durante a “Era José Mourinho” e chegar muito perto do título na última edição, sob o comando do israelense Avram Grant, quando perdeu nos pênaltis a decisão contra o Manchester United, os londrinos iniciam novamente a busca pela glória continental agora com Luiz Felipe Scolari no banco.

O primeiro desafio do time do brasileiro, atual líder do Campeonato Inglês, será nesta terça-feira, diante do Bordeaux, em casa, pela primeira rodada do grupo 1 da Champions. Prestes a disputar a competição de clubes mais importantes da Europa pela primeira vez, Felipão compara a Copa dos Campeões com a Libertadores da América, onde já trabalhou em cinco edições, conquistando o título em 1995, com o Grêmio, e em 1999, com o Palmeiras.

“É uma competição idêntica a Libertadores, e com muitas equipes de qualidade. Com uma potencialidade de clubes maior que a competição sul-americana, e com maiores dificuldades para chegar a final”, analisou, ressaltando que o torneio europeu apresenta muito mais candidatos ao título que o sul-americano.

“Aqui nós temos sete ou oito países com equipes de grandes chances de chegar à final. Na Libertadores, nós temos dois a três países no máximo que chegam nas finais. E aqui na Europa não, já tem mais dificuldades das equipes. Não tem um ou dois países que são grandes vencedores, e sim, uma diversidade que ganha a Copa dos Campeões”, completou.

O fato de estrear em Stamford Bridge não anima Scolari, que considera que o fator campo só pesará nos mata-matas. “Só pesa depois dessa primeira fase, porque nos jogos eliminatórios uma equipe joga a primeira fora e o segundo em casa. O time pode jogar 120 minutos, e tem a pressão de não sofrer gols. Em princípio, pela equivalência das equipes, não influência muito não”, opinou.

Quanto à arbitragem, o técnico brasileiro acredita que não existe diferença entre a Copa dos Campeões e a Libertadores. “A arbitragem é normal e de boa qualidade no mundo todo. Alguns países com uma linha diferente na hora de apitar os jogos, permitem algumas coisas mais no contato com os jogadores, outros não. Mas a arbitragem eu acho muito idêntica e com boa qualidade”, concluiu Felipão.

Veja a tabela de jogos desta primeira rodada: (horários de Brasília)

Terça-feira, 16/9
15h45 - Olympique de Marselha x Liverpool
15h45 - Roma x Cluj (leia mais)
15h45 - Chelsea x Bordeaux (leia mais)
15h45 - Panathinaikos x Internazionale (leia mais)
15h45 - Werder Bremen x Anorthosis (leia mais)
15h45 - Basel x Shakhtar Donetsk (leia mais)
15h45 - Barcelona x Sporting Lisboa (leia mais)
15h45 - PSV x Atlético de Madri (leia mais)

Quarta-feira, 17/9
15h45 - Steaua Bucareste x Bayern de Munique
15h45 - Lyon x Fiorentina
15h45 - Manchester United x Villarreal
15h45 - Celtic x Aalborg
15h45 - Porto x Fenerbahçe
15h45 - Dínamo de Kiev x Arsenal
15h45 - Real Madrid x BATE
15h45 - Juventus x Zenit


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


AP

AP

Rivalidade inglesa
Enquanto o Chelsea quer o primeiro título, o Manchester United busca defender a conquista

Topo
Contador de notícias