iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

16/09 - 14:10

Marcel afirma que adversários tentam desestabilizar o Grêmio

Um dos que comentou sobre o clube, Caio Junior admitiu que secaria o líder, pois só assim teria chances de título

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - Os jogadores do Grêmio sentiram o golpe. Desde a semana passada comissão técnica e elenco demonstram irritação cada vez que o Tricolor é citado por algum concorrente ao título.

Após a derrota para o Goiás, a situação se agravou. Nesta terça-feira, foi a vez do centroavante Marcel falar sobre o assunto.

“O que me deixa feliz é o pessoal preocupado com o Grêmio. Vira e mexe tem gente no Palmeiras, no Flamengo, no São Paulo sempre falando do Grêmio. Isso quer dizer que a gente incomoda. Estão preocupados conosco. O que eles falam não nos afeta. Também não temos preocupação de ficar comentado o trabalho deles. Eles de alguma maneira tem que tentar nos desestabilizar. Então, tentam dentro e fora de campo. Ainda somos o líder. Nosso pensamento é melhorar para voltar a vencer”, opinou o camisa 9 gremista.

Os comentários em relação ao Grêmio começaram pelo técnico Caio Junior, do Flamengo, que admitiu que secaria o clube gaúcho, pois só assim o Mengão teria chances de disputar o título. “Ainda dá para ser campeão. Temos esse pensamento, mas não dependemos só da gente. Temos que torcer para o Grêmio perder. No entanto, temos uma boa seqüência dentro de casa”, comentou.

Depois foi vez do técnico do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo: “O título está aberto. A partida do Palmeiras contra o Cruzeiro é decisiva, mas não vai afastar o time que perder da disputa. Mas se o Grêmio abrir nove pontos de vantagem, acaba o campeonato. Aí, teremos de nos contentar com a vaga na Libertadores”. A manifestação gerou indignação do técnico Celso Roth que disse que não se preocupa com o que os outros dizem.

Nesta semana, quem disparou contra o clube gaúcho, foram dois ex gremistas: Diego Souza, que defendeu o clube no ano passado e Marcelinho Paraíba, que conquistou a Copa do Brasil com o Tricolor em 2001.

O meia do Palmeiras atacou o psicológico dos jogadores gremistas. “O Palmeiras mostrou que agüenta pressão. O Grêmio, eu não sei. O Campeonato Brasileiro está chegando na fase final e quem tiver mais força na reta final ficará com o título”.

Já o atacante do Flamengo, resgatou características histórias. “Quando você joga no Grêmio, acaba correndo mais do que em outros clubes. Não sei por que isso. Eles não têm muita qualidade técnica. Vencem mais na raça, na vontade”.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar