iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

16/09 - 21:15

Com prioridade no Brasileiro, Verdão busca virada contra Vasco

Time carioca ganhou por 3 a 1 o jogo de ida; paulistas precisam de 2 a 0 ou vitória por três gols de diferença

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O elenco do Palmeiras levou uma bronca do técnico Vanderlei Luxemburgo, mas já admitiu: a cabeça está toda voltada para o Campeonato Brasileiro depois de diminuir a desvantagem em relação ao líder Grêmio para apenas três pontos. Mas o Verdão tem um compromisso intruso nesta quarta-feira: enfrenta o Vasco, às 21h50, no Parque Antártica, no encontro de volta da fase nacional da Copa Sul-americana.

“O Campeonato Brasileiro está chegando ao seu final e quem tiver mais força neste momento vai chegar ao título”, lembra o meio-campista Diego Souza, confiante em ver o Verdão superar o Grêmio na reta decisiva da competição nacional.

No jogo de ida da Sul-americana, o Vasco ganhou por 3 a 1 na capital carioca. Para alcançar a classificação, o Palmeiras necessita de uma vitória por 2 a 0 ou por três gols de diferença. O mesmo placar da ida (3 a 1) leva a decisão para os pênaltis. A expectativa é que Luxemburgo poupe alguns dos titulares do Verdão nesta quarta-feira.

“O principal objetivo do Palmeiras é o Brasileiro, não tem como fugir, mas também precisamos jogar bem na Sul-americana. Tenho certeza de que o clube será bem representado independente dos jogadores que forem escalados”, explica o volante Martinez.

Após a vitória contra o Cruzeiro, no Mineirão, Luxemburgo deu algumas pistas do que pode fazer. Como os atacantes Alex Mineiro e Kléber não atuaram na capital mineira, pelo menos um deles tem condições de sair jogando ante o rival carioca.

Mesmo sem saber sobre a posição da comissão técnica, o lateral-esquerdo Leandro, que vive grande fase com a camisa alviverde, é incisivo ao falar sobre a vontade de defender a equipe na Sul-americana: “Eu gostaria de jogar. Se for consultado, falo ao Vanderlei que pode me escalar normalmente”, alerta.

A partida contra o Vasco pode servir como um treino de luxo para o Palmeiras devido a um detalhe curioso: os dois times vão se reencontrar no domingo, no mesmo Parque Antártica, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro.

"É ruim jogar duas vezes seguidas contra um mesmo adversário, aqui no Brasil já aconteceu de jogarmos três. Vamos ver o que faremos para essa primeira partida contra o Vasco", diz Luxemburgo, despistando ao máximo a escalação alviverde.  

Dificuldades
Além da briga contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o Vasco acumula problemas na Copa Sul-americana. Dos 25 inscritos na competição, apenas 16 atletas de linha estão à disposição do técnico Tita.

Isso porque os meias Vinicius e Moraes e o atacante Jean deixaram o clube, enquanto os laterais Wagner Diniz e Edu e o meio-campista Leandro Bomfim permanecem entregues ao departamento médico. Mesmo assim, o experiente Edmundo deve ser preservado para o final de semana e integrar o banco de reservas.

Outra dúvida fica no gol, posição bastante questionada pelos torcedores. Tiago e Roberto foram expulsos nas últimas apresentações em São Januário, obrigando os atacantes Edmundo e Leandro Amaral a atuarem improvisados na meta.

FICHA TÉCNICA
VASCO X PALMEIRAS

Local:
Estádio do Parque Antártica, em São Paulo (SP)
Data: 16 de setembro de 2008, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Carlos Eugênio Símon (Fifa-BRA)
Assistentes: Alexandre Rocha (Fifa-BRA) e Milton Otaviano dos Santos (Fifa-BRA)

PALMEIRAS: Deolla; Élder Granja (Sandro Silva), Gustavo (Maurício), Gladstone e Jefferson; Jumar, Léo Lima, Evandro e Denílson; Kléber (Alex Mineiro) e Lenny.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

VASCO: Roberto (Tiago), Marcus Vinícius, Eduardo Luiz, Jorge Luiz e Vílson; Jonílson, Mateus, Madson e Alex Teixeira; Leandro Amaral e Alan Kardec.
Técnico: Tita


Leia mais sobre: Palmeiras Vasco



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar