iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

16/09 - 22:25

Brasiliense interrompe a série vitoriosa do Corinthians: 1 a 1

Timão não chegou a sua sétima vitória consecutiva, mas segue tranquilo rumo à subida para a Série A

Gazeta Esportiva

TAGUATINGA - O Corinthians não conseguiu bater a sua maior seqüência de vitórias na Série B do Campeonato Brasileiro. Nesta terça-feira, no estádio Serejão, a equipe comandada por Mano Menezes interrompeu a série de seis triunfos consecutivos com um empate por 1 a 1 com o ameaçado Brasiliense.

A partida foi a segunda na história que o Corinthians fez com seu uniforme roxo, escolhido através de votação popular. Em campo, a equipe pouco alegrou os torcedores. Sofreu um gol de Marcinho logo no início do segundo tempo e igualou em seguida, com Elias. Não foi além.

Apesar do desempenho desta terça-feira, o Corinthians segue na liderança e em contagem regressiva pelo acesso, com 55 pontos ganhos e 99% de chances de ratificá-lo segundo o matemático Tristão Garcia. A luta do Brasiliense é contra o rebaixamento. A equipe do Distrito Federal soma apenas 24 pontos.

Na próxima rodada, sábado, o Corinthians reencontrará a Ponte Preta no Pacaembu. Já o Brasiliense fará clássico regional com o Gama, novamente no Serejão.

O jogo – A emoção ficou reservada às arquibancadas no primeiro tempo da partida entre Corinthians e Brasiliense. Em contraste com os gritos entusiasmados dos torcedores que foram à Boca do Jacaré, as duas equipes não conseguiam criar uma chance real de gol sequer.

O Corinthians estava desorganizado na ausência de Douglas. No início do jogo, Diogo Rincón, seu substituto, colocou a bola entre as pernas de um adversário, chutou a gol não mais que duas vezes e pouco acionou os atacantes. Cabia a Morais e a Lulinha ajudá-lo. O primeiro se esforçou (sem sucesso), e o outro só chamou atenção quando ficou em impedimento.

Herrera tentava compensar o rendimento abaixo da média com a habitual disposição. O nome do argentino foi gritado diversas vezes pela torcida, porém ele também não deu motivos para festa. Quem também berrava fora de campo, mas por impaciência, era o técnico Mano Menezes. Não adiantou.

O Brasiliense só conseguiu equilibrar a partida pelos erros ofensivos do Corinthians. Ainda assim, assustou o goleiro Felipe tanto quanto as dores estomacais que ele sentiu aos cinco minutos, através de jogadas de bola parada e chutes de longe. Foi a mesma maneira que o adversário encontrou para atacar – André Santos e Elias deram relativo trabalho para Guto.

Brasiliense e Corinthians pareciam esconder o jogo. No segundo tempo, um gol para cada lado em menos de cinco minutos. E os técnicos não precisaram fazer nenhuma alteração no intervalo para modificar o panorama da partida.

Logo no primeiro minuto, Carlos Alberto errou passe na defesa e cedeu a bola para Marcinho, que chutou forte para abrir o placar. Aos cinco, o empate do Corinthians. Morais rolou para Elias finalizar com precisão, sem chances de defesa para Guto: 1 a 1. O jogo finalmente trazia justificativas para a animação dos torcedores.

Como o Corinthians não manteve o ritmo, Mano Menezes resolveu mexer em sua equipe. Otacílio Neto fez sua estréia no lugar de Diogo Rincón. Reinaldo Gueldini respondeu com três alterações em seqüência. Diogo, Fabinho e Alex Alves substituíram Leandro Neto, Iranildo e Marcinho.

As últimas cartadas de Mano foram Eduardo Ramos e Wellington Saci nos lugares de Denis e Lulinha. Não adiantou. Os bons momentos do jogo se resumiram aos primeiros cinco minutos da etapa complementar. Os torcedores até esboçaram vaiar o time, mas as reclamações foram parcialmente encobertas pelo hino do líder da Série B.

 

FICHA TÉCNICA (veja como foi lance a lance)
BRASILIENSE 1 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio Serejão, em Taguatinga (DF)
Data: 16 de setembro de 2008, terça-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Arnoldo Vasconcelos Figarela (RO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO)
Cartões amarelos: Juninho, Jardel, Patrick, Fabinho (Brasiliense); Denis, Morais, André Santos, Lulinha (Corinthians)
Gols: BRASILIENSE: Marcinho, a 1 minuto do segundo tempo; CORINTHIANS: Elias, aos 5 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Felipe; Denis (Eduardo Ramos), Chicão, William e André Santos; Carlos Alberto, Elias, Diogo Rincón (Otacílio Neto) e Lulinha (Wellington Saci); Morais e Herrera
Técnico: Mano Menezes

BRASILIENSE: Guto; Patrick, Fábio Braz, Aílson e Edinho; Coquinho, Jardel, Juninho, Marcinho (Alex Alves) e Iranildo (Fabinho); Leandro Neto (Diogo)
Técnico: Reinaldo Gueldini


Leia mais sobre: Corinthians Brasiliense série B



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

EMPATE EM TAGUATINGA
Corinthians e Brasiliense fizeram uma partida equilibrada, que acabou com o justo empate

Topo
[x] fechar