iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/09 - 07:57

Tricolor deixa de lado projeção matemática pelo título
Equipe só vai pensar na chance de ser campeã caso os adversários que estão na frente percam pontos até o final

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A desvantagem em relação ao líder Grêmio caiu para sete pontos, mas o São Paulo sabe que a chance de título é pequena. Por isso, promete se concentrar apenas em alcançar uma boa seqüência de vitórias. Só vai falar na possibilidade de ser campeão caso os adversários permitam.

“Esse negócio de projeção, de matemática, é tudo conversa. Temos que ganhar o próximo jogo contra o Sport e depois ganhar em casa. A gente não vencia nem em casa. Não tem que fazer conta e nem torcer contra”, diz o técnico Muricy Ramalho.

No entanto, o treinador bicampeão brasileiro admite que o tropeço gremista em casa contra o Goiás trouxe um ingrediente novo à competição. O vice-líder Palmeiras encostou no adversário gaúcho após vencer o Cruzeiro fora de casa.

“Acho que o campeonato está aberto, os times tropeçam. No início, o Grêmio aproveitou a chance de jogar só uma competição. Mas ninguém está fora. Quando encosta, existe a preocupação. Todo mundo vai jogar duro esses jogos”, prevê Muricy Ramalho.

Um dos destaques da vitória contra o Flamengo, o atacante Dagoberto está mais otimista em relação uma reação tricolor em busca da terceira taça seguida do Campeonato Brasileiro. “A equipe se acertando, eu tenho certeza que podemos buscar o título”, afirma.

Porém, Dagoberto descarta qualquer tipo de obsessão para alcançar o Grêmio o mais rápido possível. “São 13 rodadas pela frente, temos que nos preocupar em fazer os nossos pontos. Não devemos viajar com a cabeça no Grêmio. Tomara que, no finalzinho, a gente possa ficar na frente de todos”, comenta o camisa 11


Leia mais sobre: São Paulo Campeonato Brasileiro



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar