iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/09 - 09:06

Jogadores do Sport admitem que bicho os incentiva

Treinador ficou sabendo do 'bicho' pela imprensa, mas garante que equipe pensa nos resultados e não no dinheiro

Gazeta Esportiva

RECIFE - O presidente do Sport, Guilherme Beltrão, anunciou no início de agosto um bicho de R$ 3 milhões para o elenco pernambucano caso eles terminem o Brasileirão entre os quatro melhores colocados. Coincidência ou não, o Leão não perdeu nenhuma partida após a oferta do cartola.

Após a goleada em cima do Figueirense por 5 a 0 nesse domingo, o atacante Roger afirmou que o lado financeiro é importante. “É muito importante o lado financeiro, também, é claro. Temos que trabalhar, o dinheiro não é tudo, mas esse é um ano de vitória do Sport, ano de conquista. E o dinheiro ajuda, mas o pensamento é colocar o Sport entre os quatro do Brasil, porque esse ano é um ano de merecimento e de mérito”, declarou o jogador quando perguntado se o bicho dava um incentivo aos atletas.

No entanto, o técnico Nelsinho Baptista não deu muita importância à premiação. Para o treinador, que até então não sabia do bicho, o importante é fazer seu trabalho pensando no resultado e não no dinheiro.

“Não estou sabendo de nada disso (bicho), fiquei até surpreso agora (risos). Nós temos é que pensar nos jogos. Temos que fazer nosso trabalho e o importante é obter os resultados. Não é por isso que aconteceu essa vitória, se estão falando isso não é por aí. Trabalhamos muito essa semana a movimentação tática, ofensiva, de dar oportunidade aos atacantes”, declarou o comandante pernambucano.


Leia mais sobre: Sport Nelsinho Baptista



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar