iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/09 - 18:53

Em Atenas, Inter de Milão tem prova de fogo contra Panathinaikos

Italianos têm incômodo estigma de "time caseiro", pois são tricampeões nacionais mas vêm fracassando na Liga  

EFE

ATENAS (Grécia) - A Inter de Milão do técnico português José Mourinho tem partida difícil nesta terça-feira, em sua estréia no grupo F da Liga dos Campeões contra o Panathinaikos, da Grécia, no estádio Spiros Louis, em Atenas, às 15h45 de Brasília.

Considerada uma das equipes favoritas ao título da competição, a Inter terá na partida em Atenas três modificações em relação à equipe que venceu o Catania por 2 a 1 no último domingo pelo Campeonato Italiano.

O colombiano Iván Córdoba substitui o suspenso argentino Nicolás Burdisso na zaga central. No meio, Javier Zanetti entra pela direita no lugar de Luis Figo. O brasileiro Mancini, contratado à Roma nesta temporada, substitui Mario Balotelli na frente.

Mourinho quer quebrar um incômodo estigma de "time caseiro" da equipe de Milão, que venceu as três últimas edições do Campeonato Italiano (a primeira delas devido à sanção à Juventus), mas não conseguiu passar das semifinais da Liga dos Campeões.

Para isso, precisa passar primeiro pelo Panathinaikos no estádio Spiros Louis, considerado um verdadeiro caldeirão. Segundo o técnico da equipe ateniense, o holandês Henk Ten Cate, "o moral da equipe está alto, e os jogadores farão o possível para atuar bem".

Voltando à Liga dos Campeões depois de três anos, o Panathinaikos se reforçou com brasileiros. Trouxe o volante Gilberto Silva, do Arsenal, o lateral-direito Gabriel, do Fluminense, e o atacante Souza, do Flamengo. Estes reforços ajudaram a equipe a superar o Dinamo Tblisi, da Geórgia, e o Sparta Praga, da República Tcheca, nas fases preliminares.

Além deles, há ainda o zagueiro e volante Marcelo Mattos, ex-Corinthians, e o meia Cleyton, que defendeu outras equipes gregas. No banco, Ten Cate conta com bons valores, como o meia austríaco Andreas Ivanschitz e o sueco Mikael Nilsson, que pode atuar como no meio-campo ou na lateral.

Prováveis escalações:

Panathinaikos: Galinovic; Gabriel, Goumas, Marcelo Mattos e Spiropoulos; Gilberto Silva, Karagounis, Cleyton e Ninis; Salpingidis e Souza. Técnico: Henk Ten Cate.

Inter de Milão: Júlio César; Maicon, Materazzi, Córdoba e Maxwell; Zanetti, Cambiasso e Muntari; Mancini, Ibrahimovic e Quaresma. Técnico: José Mourinho.

Árbitro: Mejuto González (ESP), auxiliado por seus compatriotas Juan Carlos Yuste Jiménez e Javier Hugo Novoa Robles.


Leia mais sobre: Inter de Milão Panathinaikos

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias