iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/09 - 13:40

Grêmio se incomoda por ser mais visado pelos adversários
Técnico do tricolor gaúcho até resolveu alfinetar seus rivais na briga pelo título do Brasileirão

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - Há onze rodadas na ponta do Campeonato Brasileiro, o Grêmio começa a sentir os efeitos de ter se tornado o clube a ser batido na competição. O discurso dos técnicos adversários que afirmam que secarão o clube gaúcho irritou Celso Roth, que disse que só pensa no seu time. Mesmo após perder para o Goiás no sábado, o gremista não quis comentar sobre os confrontos deste domingo e alfinetou os colegas de profissão.

“Não falei sobre os outros (times) antes, não vou falar agora. Eu não tenho esse costume que os meus colegas têm”.

No dia-a-dia no Estádio Olímpico é comum ouvir os jogadores comentando as dificuldades que estão enfrentando por serem mais visados devido à colocação na tabela. Para eles, os adversários encaram os confrontos contra o Grêmio de uma maneira diferenciada e se preparam mais para a partida.

“O difícil não é chegar. O difícil é se manter. Todos querem tirar uma casquinha do Grêmio. Os adversários vêm a 150Km/h nos enfrentar, mas temos que tirar proveito disso para surpreender os adversários. Tem muita coisa para acontecer ainda. Temos que voltar o nosso ritmo contra o Atlético-PR e mostrar nosso bom futebol”, comentou o zagueiro Léo.

Na manhã deste domingo, em entrevista à rádio Gaúcha, o assessor de futebol, André Krieger, disse que o esquema 3-5-2 de Roth é muito estudado pelos oponentes e tornou-se previsível. Porém, o dirigente negou que isso seja uma pressão para uma mudança no sistema de jogo do tricolor.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar