iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

13/09 - 18:09

Nos acréscimos, Timão supera retranca do heróico Barueri

Líder da Série B suou para conseguir os três pontos no Pacaembu, mesmo com dois jogadores a mais

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A superioridade corintiana na Série B do Campeonato Brasileiro é clara, mas o torcedor do Timão reviveu uma tarde de sofrimento. Neste sábado, a equipe de Parque São Jorge finalizou de todas as formas e jeitos possíveis em direção da meta do Barueri, mas só conseguiu o gol da vitória por 1 a 0 aos 49 minutos do segundo tempo, através de André Santos. Assista ao gol no player ao lado >>

O time da Grande São Paulo foi heróico em campo, já que sofreu duas expulsões e atuou com nove a partir dos 17 minutos da etapa complementar. O goleiro Renê teve uma atuação fantástica, com defesas incríveis.

Com a sexta vitória seguida, o Corinthians segue tranqüilo na liderança da Série B, com 54 pontos, e em contagem regressiva para a volta à elite. O Barueri está em quinto lugar, com 39.

Na próxima rodada da Série B, o Corinthians tenta se aproximar mais da vaga na elite do futebol brasileiro no confronto diante do Brasiliense, terça-feira, às 20h30. No mesmo dia, o Barueri volta a enfrentar um adversário paulista fora de casa: pega o Santo André, no ABC.
.


O jogo
Superior em relação a todos os rivais da Série B, o Corinthians começou a partida no Pacaembu com domínio total. As primeiras investidas do time da capital paulista foram de fora da área, mas os arremates de Nilton e André Santos passaram longe da meta do Barueri, que ficava restrito a marcar o adversário.

Mesmo sofrendo grande pressão, o Barueri criou surpreendentemente as primeiras grandes chances no contra-ataque através do eficiente centroavante Pedrão. Em ambas as ocasiões, o atacante finalizou no canto direito de Felipe, autor de grandes defesas.

Aos 23 minutos, o árbitro Domingos de Jesus Viana Filho criou uma grande confusão. Primeiro, marcou um pênalti de Duílio sobre Herrera. Após reclamação de jogadores do Barueri e o auxílio do quarto árbitro, Marcelo Aparecido de Souza, o apitador paraense deu a infração fora da área. Depois de mais alguns instantes, ele foi em direção a Duílio e mostrou o cartão vermelho, revoltando novamente os visitantes.

Com superioridade numérica, o Corinthians aumentou o ritmo em busca do primeiro gol. Até o intervalo, Lulinha e André Santos tiveram chances claras, mas pararam na inspirada atuação de Renê, que fechava o gol do Barueri.

Mudanças
No segundo tempo, as duas equipes voltaram com alterações. O Corinthians veio com Bebeto no lugar de Lulinha. Já o Barueri reforçou sua defesa com as entradas de Ávalos e Leanderson nas vagas de Márcio Careca e Thiago Humberto.

O panorama da partida continuou, porém, o mesmo. Inteiro no ataque, o Corinthians criava uma chance atrás da outra. Aos sete minutos, Bebeto finalizou livre da área, mas recuou a bola para Renê. Quatro minutos depois, Nilton aproveitou cobrança de falta de André Santos e cabeceou com imenso perigo.

Aos 17 minutos, mais confusão em um lance duvidoso. Após cobrança de falta de André Santos da direita, um bolo de jogadores subiu na área e o árbitro marcou pênalti, além de expulsar Leandro Castan. Chicão esperou pacientemente a reclamação dos jogadores do Barueri, mas cobrou fraco e facilitou a defesa de Renê.

A partir daí, o jogo ficou dramático. O Corinthians finalizou de todas as formas imagináveis, mas parava em uma atuação espetacular de Renê, que saiu de campo como o grande nome do jogo no Pacaembu. No final, o alívio: André Santos finalizou de perna esquerda dentro da área e garantiu a vitória aos 49 minutos.

Assista também aos melhores
momentos da partida

FICHA TÉCNICA (Veja como foi o jogo lance a lance):
CORINTHIANS 1 X 0 BARUERI

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 13 de setembro de 2008, sábado
Horário: 16 horas (de Brasília)
Renda: R$ 461.343,00
Público: 24.855 pagantes (2.823 não pagantes)
Árbitro: Domingos de Jesus Viana Filho (PA)
Assistentes: Luiz Quirino da Costa e Marco Antônio Monteiro Bagatella (ambos de SP)
Cartões amarelos: Renê, Ésley e Flávio (Barueri); Alessandro, Douglas e Herrera (Corinthians)
Cartões vermelhos: Duílio e Leandro Castan (Barueri)
Gols:
CORINTHIANS:André Santos, aos 49 minutos do segundo tempo.

CORINTHIANS: Felipe; Alessandro, Chicão, William e André Santos; Nilton (Diogo Rincón), Elias, Douglas, Morais e Lulinha (Bebeto depois Careca); Herrera
Técnico: Mano Menezes

BARUERI: Renê; Marcos Pimentel, Diego, Duílio e Márcio Careca (Ávalos); Leandro Castan, Max Carrasco, Flávio e Ésley; Thiago Humberto (Leanderson) e Pedrão (Diego Silva)
Técnico: Márcio Araújo


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar