iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

13/09 - 18:44

Confuso, árbitro sai criticado por Corinthians e Barueri

Corinthianos criticam polêmica no lance do pênalti, já o Barueri  reclama das expulsões de dois de seus jogadores

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O árbitro Domingos de Jesus Viana Filho foi um dos grandes personagens da partida entre Corinthians e Barueri. O apitador armou uma verdadeira confusão ainda no primeiro tempo ao marcar um pênalti para o Timão e, alguns minutos depois, confirmar a infração fora da área.

A mudança da marcação teve a influência do quarto árbitro, Marcelo Aparecido de Souza, que não conseguiu, porém, explicar como teve a convicção fora do campo de jogo de que a falta aconteceu fora da área. Ele se enrolou ao ser questionado sobre a chance de ter usado o recurso da televisão.

”Eu só dei a minha opinião quando fui solicitado”, disse Marcelo Aparecido de Souza ainda no intervalo da partida. “Aqui, é um trabalho de equipe”, emendou.

A confusão armada pela arbitragem irritou os jogadores em campo. O goleiro Felipe era um dos mais revoltados. “Se ele está na dúvida, tem que ouvir os companheiros. Mas se o companheiro for o quarto árbitro, tem que mandar os bandeiras embora”, reclamou.

O técnico Mano Menezes também reclamou da postura dos comandantes da partida. “Vi um comportamento em uma direção e, a partir de um determinado momento, um comportamento diferente. O árbitro e o delegado estavam atrás do nosso banco, não podiam ver. Veio informação de outro lugar”, analisou.

Do lado do Barueri, o sentimento era de revolta pela expulsão de dois jogadores. O time da Grande São Paulo atuou a partir dos 17 minutos do segundo tempo com dois a menos. “Foi ridículo. O árbitro fez o quis em campo”, disparou o camisa um.


Leia mais sobre: Corinthians Série B

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias