iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

12/09 - 18:09

Tite explica a saída de Wellington Monteiro

Treinador diz que jogador pediu para não jogar porque queria sair e não podia disputar a sétima partida pelo clube

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - O técnico Tite mais uma vez fez treino fechado no Beira-Rio. Porém, não negou que o time vá jogar com Edinho, Magrão e Guiñazu, domingo, contra o Botafogo, no Rio de Janeiro. Pelo contrário, o treinador afirmou que essa é uma possibilidade. A partida será a primeira do Inter no Estádio Engenhão.

Em entrevista coletiva, o comandante colorado falou sobre o modo que o time atuará diante da equipe carioca. “Vivemos um momento de um jogo importante. Temos a estratégia de puxar velocidade. Aí podemos, em cima da marcação forte, buscar o resultado”.

Tite também explicou os motivos que levaram o empréstimo do volante Wellington Monteiro para o Fluminense. “O Wellington me procurou e disse que não queria concentrar para fazer o sétimo jogo, porque tinha possibilidades profissionais de sair e gostaria de sair. Foi esse o principal fato”, explicou. Caso tivesse disputado mais um jogo com a camisa do Inter, o jogador teria que ficar no clube, onde teria poucas chances.

A partida faz parte de um projeto de conquistar sete pontos nos próximos nove disputados. Os jogadores prometem lutar por uma vaga na Libertadores até a última rodada. “Serão três meses de luta. Vamos correr atrás, sempre foi assim. Perdemos muitos pontos bobos. Agora é hora de reagir e tentar até o último jogar estar entre os primeiros colocados”, prometeu o atacante Nilmar, que volta ao clube após servir a seleção brasileira pelas Eliminatórias.

Leia mais sobre: Internacional Wellington Monteiro



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar