iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

12/09 - 19:19

Catar inicia campeonato recheado de brasileiros
Neste sábado, por exemplo, o técnico Paulo Autuori vai comandar o meia Ricardinho, ex-Corinthians, e o atacante Aloísio, ex-São Paulo

Gazeta Esportiva

DOHA (Catar) - Os dez times da primeira divisão do Catar, que causaram estrago ao levar diversos jogadores e técnicos do futebol brasileiro, iniciarão neste final semana a disputa pelo título nacional. O torneio mais parece um Campeonato Brasileiro alternativo, já que seis das equipes contam com jogadores do país.

Neste sábado, por exemplo, o técnico Paulo Autuori vai comandar o meia Ricardinho, ex-Corinthians, e o atacante Aloísio, ex-São Paulo, na estréia do Al-Rayyan contra o Al-Sailiya, dirigido por Zé Paulo.

“A expectativa do Al-Rayyan é fazer uma boa campanha e brigar pelo título. Acredito que a disputa na Liga do Catar será bem acirrada. Já poderei contar com a volta de cinco jogadores que estavam servindo a seleção do país e espero que Ricardinho e Aloísio possam se destacar. Ricardinho está adaptado e é um dos líderes do time. Os árabes já estão gostando muito do jeito de Aloísio, que é um jogador de grupo”, disse Autuori.

No mesmo dia, quem também terá sua primeira partida da temporada é Sebastião Lazaroni, técnico do Qatar SC. O adversário será o Al-Khor. O ex-comandante da seleção brasileira feminina comemorou a possibilidade de contar com seu time completo, inclusive com os brasileiros Marcinho e Roger, que deixaram no meio do Brasileirão o Flamengo e o Grêmio, respectivamente.

“Só na estréia poderei contar com todos os jogadores pela primeira vez. Isso porque quatro titulares estavam disputando Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010, enquanto Marcinho e Roger esperavam a regularização. Não tivemos tempo de treinar, mas os jogadores mostraram muita dedicação ao trabalho. Nosso objetivo é levar o Qatar às melhores colocações”, comentou Lazaroni

Já no domingo, o atual campeão Al-Gharafa vai enfrentar o Al-Wakra em casa. A equipe é comandada por Marcos Paquetá e tem o artilheiro Araújo, ex-Cruzeiro, que, na última temporada se sagrou o maior goleador do país por ter feito 27 gols e superou o recorde sustentado pelo argentino Gabriel Batistuta, de 25 gols, desde a temporada 2002/2003. Seu companheiro de ataque será o ex-colorado Fernandão.

“Minha expectativa é que Araújo e Fernandão possam realizar uma grande temporada no Qatar e nos ajudem a conquistar novamente a Liga”, comentou Paquetá.

“Vou dar o máximo para fazer meus gols e tentar a artilharia mais uma vez. Reconheço que a disputa será muito grande a partir de agora, mas quero superar os adversários e ajudar o Al-Gharafa a ser bicampeão”, comentou Araújo, um dos brasileiros mais bem aclimatados no país do Oriente Médio.

Os outros treinadores brasileiros que estão no Catar são: Emerson Leão no Al-Sadd, que também conta com o meia Felipe; Zé Mario no Al-Arabi; e Zé Paulo no Al- Sailiya.


Leia mais sobre: Catar Futebol internacional



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar