iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

11/09 - 17:57

Vitória e Bahia desistem de acordo de cessão do Barradão

Desde a interdição da Fonte Nova, equipe Tricolor vem atuanção no Jóia da Princesa, em Feira de Santana

Gazeta Esportiva

SALVADOR - A novela envolvendo a cessão do estádio Manoel Barradas, o Barradão, ao Bahia chegou ao fim. O imbróglio que se arrastava há quase dez meses, desde o acidente na Fonte Nova, em novembro, teve seu desfecho nesta semana, com o anúncio feito pelo presidente do Bahia, Petrônio Barradas.

“Não vamos mais jogar no Barradão. Agora, só faltariam três jogos até a reinauguração de Pituaçu (estádio prometido ao Bahia pelo governo do Estado). Antes, faltavam 13 e o Vitória não aceitou. Como eles ganhariam R$ 4,6 milhões com o acerto, nós reivindicamos algo que também viesse a nos favorecer, mas não houve acordo", declarou o cartola ao jornal A Tarde, de Salvador.

Com a frustração da parceria com a Petrobrás, anunciada no início da semana, o acordo entre os dois clubes ficou ainda mais distante. Na terça-feira, o Vitória divulgou uma nota oficial em seu site afirmando que cederia o estádio ao rival mediante o pagamento do aluguel.

No entanto, o Bahia preferiu abrir mão do Barradão e esperar até o dia 18 de outubro, data prevista para a entrega do estádio Roberto Santos, o Pituaçu. O governador da Bahia, Jacques Wagner, comprometeu-se em reformar a arena e disponibilizá-la para o Tricolor baiano. Com a decisão, o Bahia continuará com o mando de jogo no estádio Jóia da Princesa, em Feira de Santana.


Leia mais sobre: Bahia Vitória Série B



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar