iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

11/09 - 13:29

Técnico de Portugal exige reação fora de casa
Queiroz lamentou a falta de atenção de seu time após Deco praticamente garantir o triunfo, cobrando pênalti aos 41 da etapa final

Gazeta Esportiva

LISBOA (Portugal) - A seleção de Portugal vencia a Dinamarca em casa por 2 a 1 até os 45 minutos do segundo tempo, quando Poulsen e, logo em seguida, Jensen, definiram uma virada incrível para os visitantes. Inconformado, restou ao técnico Carlos Queiroz projetar uma reação da equipe lusa longe dos seus domínios, a começar pelo próximo jogo nas Eliminatórias européias para a Copa do Mundo de 2010, contra a Suécia, em outubro.

''Perder em casa é sempre ruim, sobretudo desta maneira. Tivemos o jogo na mão, mas não finalizamos quando tivemos oportunidades. Quem não marca é punido injustamente'', lamentou o treinador, após seu segundo jogo oficial no lugar de Luiz Felipe Scolari. ''Agora vamos ter de ir buscar pontos fora. É nossa obrigação. Não só na Dinamarca, mas também já no próximo jogo na Suécia'', projetou.

Sobre o duelo emocionante, Queiroz lamentou a falta de atenção de seu time após Deco praticamente garantir o triunfo, cobrando pênalti aos 41 da etapa final e fazendo 2 a 1 no placar. ''Tentamos segurar o jogo, mas não foi possível. Já sabíamos que eles iriam apostar no chuveirinho, mas a sorte estava do lado deles. É assim o futebol'', comentou o comandante luso.

Quem também lamentou muito a derrota surpreendente diante da torcida foi o goleiro Quim, que assumiu a culpa pelo segundo gol dinarmaquês, já aos 45 da etapa final. ''Não saí bem na bola, errei nesse lance. Todos nós erramos e agora temos de levantar a cabeça'', cobrou. ''O futebol tem destas coisas e temos de ter consciência de que os jogos só terminam após os 90 minutos. Tivemos chances, mas não conseguimos matar o jogo'', completou o goleiro.

Com a derrota, Portugal caiu para a quarta colocação do grupo 1 das Eliminatórias, com três pontos em duas rodadas, contra quatro de Albânia, Dinamarca e Suécia. Quim, porém, não se desespera. ''É sempre complicado perder em casa, mas é bom frisar que ainda estamos no começo da fase de qualificação'', lembrou, já projetando a revanche. ''Assim como a Dinamarca ganhou em Portugal, temos condições de vencer na Dinamarca'', concluiu.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar