iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

11/09 - 20:47

STJD mantém punição ao Palmeiras no caso do gás de pimenta
O caso do gás de pimenta aconteceu na semifinal do Campeonato Paulista, no dia 20 de abril

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O caso do gás de pimenta lançado no vestiário são-paulino na semifinal do Campeonato Paulista no Palestra Itália teve seu capítulo final nesta quarta-feira, em julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O júri decidiu por manter a punição ao Palmeiras, tendo a perda de um mando de campo no estadual em 2009, além de ter de pagar uma multa de R$ 10 mil.

O caso já havia sido julgado em outras instâncias anteriormente, sendo que o Palmeiras sempre voltou a recorrer, entendendo que o clube deveria ser absolvido. O julgamento desta quarta, no entanto, foi em um última instância, não cabendo nova apelação.

Inicialmente, o Verdão seria punido com duas perdas de mando de campo e a multa. Após recurso diminuiu para uma perda de mando, com a multa seguindo de R$ 10 mil, mas voltou a protestar, desta vez sem sucesso.

O caso do gás de pimenta aconteceu na semifinal do Campeonato Paulista, no dia 20 de abril. Quando os jogadores do São Paulo se dirigiram ao vestiário do Palestra Itália, no intervalo do segundo jogo da disputa, os atletas do time tricolor reclamaram da presença de um forte cheiro, similar ao do gás de pimenta, que teria dominado o local e prejudicado a atuação do time em campo.


Leia mais sobre: Palmeiras Campeonato Paulista STJD



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar