iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

11/09 - 15:48

Citado por André Balada, Gustavo conta como ajudou o colega

Goleiro ficou feliz por ser lembrado pelo colega, ex-viciado em cocaína, sobre sua recuperação

Gazeta Esportiva

FLORIANÓPOLIS - Quando André Balada, hoje no Barueri, revelou seu vício por cocaína, Gustavo, goleiro reserva do Figueirense, foi citado pelo atacante como uma das pessoas que o ajudaram a se livrar das drogas. No entanto, o arqueiro se mostrou surpreso com a lembrança do colega de equipe que passou há quatro anos pelo Orlando Scarpelli.

“Eu fiquei surpreso. Sempre procurei ser útil ao grupo, até nessas situações. Fico feliz porque se passaram quatro anos e hoje ele está mais maduro, já sabe que o que ele fazia não compensava e resolveu mudar de vida”, declarou o goleiro a uma rádio local.

Gustavo trabalhou com André Balada em 2004, quando o atacante deixou o Atlético-MG e foi para o Figueirense para a disputa do Brasileirão daquele ano. O goleiro afirmou que nunca falou diretamente com o jogador sobre seu vício, mas que procura o encaminhar para a igreja.

”Ele nunca chegou (e me disse), acho que por respeito mesmo, e eu também não era a companhia dele. Nos momentos em que ele estava triste, a gente se aproximava e eu convidava ele para ir à igreja. Independente da religião, esta é uma decisão que a gente tem que tomar, porque a vida espiritual da pessoa influencia muito”, declarou Gustavo para depois completar.

“Eu procurei me aproximar dele, sem nenhum interesse, para mostrar que a vida é muito mais do que o futebol. Um dia a gente pode parar de jogar, mas a nossa vida vai continuar.”


Leia mais sobre: André Balada Gustavo Figueirense



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar