iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/09 - 21:21

Provável titular, Lenny evita pitacos sobre parceiro
Na terça-feira, Denílson jogou ao lado do camisa 23; já no dia seguinte, Evandro foi eleito para formar trio ofensivo com Diego Souza

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Vanderlei Luxemburgo tem quebrado a cabeça para achar substitutos para os suspensos Alex Mineiro e Kléber. Nos três primeiros dias na concentração em Atibaia, porém, parece já ter um nome certo para enfrentar o Cruzeiro no Mineirão: Lenny, titular nos dois coletivos realizados na semana.

Prestigiado, o atacante prefere nem fazer comentários sobre seus possíveis companheiros.

Na terça-feira, no primeiro treino, Denílson jogou ao lado do camisa 23. Já no dia seguinte, Evandro foi eleito para formar trio ofensivo com Diego Souza. Das duas maneiras, Lenny marcou gol e, por isso, se satisfaz em fazer seu papel.

“O Diego é meia, já o Denílson é mais atacante. Mas de qualquer forma minha função é cair pelos dois lados e vencer os dois zagueiros na velocidade. E tenho que jogar mais centralizado, porque se eu caio muito e driblo, não tem ninguém para eu lançar na área”, comentou.

Apesar de fugir dos palpites, o jogador revelado pelo Fluminense deu a entender que o treinamento desta quarta-feira foi melhor. Principalmente quando Léo Lima entrou no lugar de Jumar e deu mais mobilidade ao meio-campo.

“O Diego Souza não está jogando na frente, faz parte de um triângulo comigo e o Evandro. Tenho dois meias comigo para abrir espaço e ainda tem o Léo Lima, que entrou depois. Vamos brigar muito para deixar a bola lá na frente”, analisou.

Seja quais forem os eleitos a atuarem no setor ofensivo alviverde, o jeito de jogar do time muda. Leandro já admite que terá de diminuir os cruzamentos na área sem ter Alex Mineiro para escorar de cabeça. Nada, porém, que não possa ser resolvido.

“Vamos ser obrigados a jogar com a bola rápida e rasteira. Podemos resolver isso na conversa, porque não vai ser sempre assim. É raro um time perder seus dois atacantes por suspensão”, admitiu Lenny, que se coloca à disposição para cavar faltas. “Não sou muito de buscar a falta. Mas se o zagueiro bate forte e não dá para se segurar, é o que há”, concluiu.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar