iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

10/09 - 14:46

Para Fabiano Eller, Santos se encontrou com Márcio Fernandes

Para zagueiro, equipe conquistou um padrão de jogo que não possuia quando era treinado por Cuca

Gazeta Esportiva

SANTOS - O zagueiro Fabiano Eller chegou à conclusão sobre o que faltava para o Santos reagir no Campeonato Brasileiro e espantar a má fase: identidade. Segundo o jogador, o Peixe na Era Cuca não era uma equipe formada e agora, sob o comando do técnico Márcio Fernandes, a equipe vem criando uma nova cara.

O experiente defensor evitou criticar o atual comandante do Fluminense, mas reconheceu que o time vem adquirindo um padrão de jogo. “O que acontecia era que, às vezes, ele queria improvisar, colocar alguém do meio na lateral, por exemplo. Só que nós não tínhamos jogadores no elenco para fazer o que ele queria”, disse. “Agora não. Chegaram alguns reforços e todos tem a consciência de que é importante cada um cumprir a sua função”, concluiu.

Para Eller, a ansiedade em sair da zona do rebaixamento fazia com que a equipe ficasse instável em campo. “O que acontecia com a gente era que o time vinha perdendo pontos. Muitas vezes jogando em casa, não saia o gol e nós começávamos a nos descontrolar. Então o zagueiro ia para o ataque, todo mundo queria resolver e só atrapalhava ainda mais as coisas”, reconheceu.

Com a recuperação do time na competição, o zagueiro acredita que o Santos está no caminho certo e que a tendência é a equipe evoluir ainda mais. “O time está alegre, mais feliz. O grupo está mais descontraído. Isso acontece também no vestiário, antes do jogo. Nós entramos em campo tranqüilos, sem pressão, até quando estávamos na zona do rebaixamento”, comentou.


Leia mais sobre: Cuca Fabiano Eller



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar