iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/09 - 14:45

Presidente do Náutico responde acusações de Pintado

Maurício Cardoso afirma que apesar do atraso, irá pagar a rescisão contratual do treinador, demitido no primeiro turno

Gazeta Esportiva

RECIFE - Ex-treinador do Náutico, Pintado acusou a diretoria pernambucana de não pagar o que foi combinado na rescisão de seu contrato por meio de nota oficial publicada por sua assessoria. No entanto, Maurício Cardoso, presidente do Timbu, se pronunciou a respeito das acusações nesta segunda-feira e afirmou que demorou alguns dias para pagar o combinado.

“Foi tudo resolvido da melhor forma no dia em que saí. Eu e o presidente Maurício Cardoso acertamos que receberia a multa combinada e as despesas que tive com moradia no Recife. Lembro-me que elogiei a postura do clube, porém, de algumas semanas para cá, não consigo mais contato com ninguém. Quero receber o que é meu de direito”, declarou Pintado em nota oficial.

Em virtude desta acusação, o presidente se pronunciou a respeito do caso. 'Ele (Pintado) recebeu R$ 50 mil adiantado. Agora, está cobrando o pagamento da rescisão de contrato. Em relação a isso, passei alguns dias do combinado. Mas vou pagar', botou panos quentes o cartola.

Pintado foi demitido do Náutico ainda no primeiro turno do Campeonato Brasileiro. Para seu lugar, a diretoria do Timbu escolheu o técnico anterior ao ex-jogador: Roberto Fernandes. O treinador estava no Atlético-PR antes de se transferir para o clube pernambucano.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar