iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/09 - 08:44

Júlio César quer clima de decisão contra Bolívia

Com uma visão respeitosa sobre a lanterna das Eliminatórias, goleiro quer boa atuação do Brasil

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - A Bolívia é apenas a lanterna das Eliminatórias Sul-americanas para a Copa do Mundo de 2010. No entanto, o discurso dos jogadores da seleção brasileira é de total respeito ao adversário desta quarta-feira.

O goleiro Júlio César explicou que a equipe canarinho tem a obrigação de estar motivada para buscar uma vitória sobre a Bolívia como se estivesse decidindo um campeonato.

“O jogador tem de estar motivado só pelo fato de estar na seleção, independente se a Bolívia está em última ou não. Temos de enfrentar o adversário como se fosse uma final de campeonato ou o último jogo que decidisse a classificação. Temos de pensar em mostrar de novo o que fizemos no Chile”, afirmou.

O Brasil é o vice-líder das Eliminatórias, com 12 pontos, enquanto os bolivianos amargam a última colocação, com apenas quatro. Apesar de ainda faltarem muitos jogos até o fim da competição, Júlio César espera que seus colegas de seleção demonstrem garra à torcida que comparecer ao Engenhão.

O goleiro da Inter de Milão explicou que é preciso manter a disposição apresentada pelo Brasil na vitória convincente por 3 a 0 sobre o Chile, em Santiago, pela rodada passada das Eliminatórias.

“Essa mudança de postura tem de ser mantida, mas sabemos que foi outro jogo e que cada um tem sua história. No Chile, diziam que o Brasil jogaria com três jogadores ofensivos e, por isso, deixaria o setor defensivo vulnerável. Mas não foi isso que aconteceu. Os jogadores da frente se doaram na marcação e o espírito tem de ser sempre esse”, analisou.

No duelo em Santiago, Dunga escalou o Brasil com Ronaldinho Gaúcho, Luís Fabiano e Robinho no ataque, além de Diego na armação das jogadas. Nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), o treinador deverá repetir o setor ofensivo para buscar o triunfo diante dos bolivianos.

O lateral-esquerdo Juan parece ter entendido o recado de Júlio César e garante que não se entusiasmará excessivamente com a má fase do adversário. “Precisamos de tranqüilidade e não podemos entrar achando que a Bolívia vai perder de goleada. Eles vão querer tirar pontos de nós e teremos de ficar ligados”, ponderou.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar