iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

09/09 - 11:16

Edu diz que deve deixar Bétis pois dirigentes não o respeitaram

Contrato do atacante termina em 2009 e não deverá ser renovado; jogador se recupera de problema muscular

EFE

Sevilha (Espanha) - O atacante brasileiro Edu, do Bétis, que se recupera de um problema muscular, diz que dificilmente continuará no clube na próxima temporada, já que seu contrato termina em 2009 e, segundo ele, os dirigentes não o trataram com o devido respeito. "Estou feliz com o carinho das pessoas, e isso me dá muita vontade de continuar. Se os dirigentes tivessem me tratado com mais respeito, as coisas teriam sido diferentes", disse o jogador, que quer estar pronto para o clássico local contra o Sevilla, pela terceira rodada do Campeonato Espanhol, no dia 21.

"Teremos que esperar até 4 de outubro, quando os novos donos assumirão o clube, mas todos sabem que se não me chamarem até dezembro para renovar, eu não continuarei", comentou o ex-são-paulino, ídolo na equipe espanhola.

Apesar de ter tranqüilizado os torcedores, ao afirmar que seu rendimento não cairá porque ele deixará o clube, Edu disse que a equipe precisa ter maiores ambições na competição. "A palavra 'rebaixamento' deve ser eliminada do vestiário", afirmou.

Sobre os novos reforços, o brasileiro comentou: "Chegaram jogadores de qualidade, e é preciso ter paciência com eles, mas acho que o elenco melhorou consideravelmente. Todas as contratações são interessantes", analisou.


Leia mais sobre:



Alerta de Gols Receba notícias pelo seu celular

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
[x] fechar