iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

08/09 - 00:51

Dunga: “Creio que o presidente está contente”

“No Brasil, precisamos ganhar, fazer muitos gols e dar espetáculo. É o único país em que essas três coisas são necessárias", disse o treinador num tom de desabafo

Gazeta Esportiva

SANTIAGO (Chile) - Luiz Inácio Lula da Silva inspirou a preleção de Dunga para a partida contra o Chile, neste sábado, em Santiago. Assim como cobrava o presidente da República, o técnico da seleção brasileira pediu para os atletas que convocou jogarem “com determinação, honrando a camisa”. O resultado: 3 a 0.

“Creio que o presidente está contente, assim como todos os brasileiros”, disse Dunga, incomodado com a pressão sobre a sua equipe. “No Brasil, precisamos ganhar, fazer muitos gols e dar espetáculo. É o único país em que essas três coisas são necessárias. Só que também somos homens e enfrentamos adversários fortes.”

Em seguida, Dunga pronunciou diversas palavras para dizer a mesma coisa. Ressaltou que a seleção brasileira cumpriu com o que pedia o “técnico” Lula. “Os jogadores demonstraram conduta, profissionalismo, honestidade e transparência para honrar a camisa que vestem”, elogiou.

Já o goleiro Júlio, que se revoltou com as declarações de Lula e aconselhou o presidente a mudar para invejada Argentina, falou em tom de desabado. “A pressão estava muito grande, já que não ganhávamos fora de casa desde 2002. Antes do jogo, eu havia dito que o grupo estava muito motivado e mostramos isso hoje, com todo mundo correndo”, enfatizou.

Com a vitória sobre o Chile, o Brasil superou a Argentina na tabela de classificação das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010. Os dos países somam 12 pontos, mas o time de Dunga leva vantagem no saldo de gols sobre o de Lula; ou melhor, de Alfio Basile.


Leia mais sobre: Dunga Seleção brasileira

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias