iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/09 - 12:40

Palmeiras já encara jogo no Mineirão como “guerra”

Time promete muita luta no confronto com os celestes no próximo domingo, às 16h, no Mineirão

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Em desvantagem em relação ao Cruzeiro somente no saldo de gols (13 contra nove), o Palmeiras promete muita luta no confronto com os celestes no próximo domingo, às 16h, no Mineirão. A inesperada derrota em casa para o Sport acirrou os ânimos alviverdes na busca por se aproximar do líder Grêmio.

“O campeonato está entrando em uma reta final e cada jogo é uma guerra, uma batalha. E é encarando a partida desta forma que vamos entrar em campo contra o Cruzeiro. Precisamos da vitória”, pregou Kléber, que, apesar do discurso, não poderá jogar em Belo Horizonte por estar suspenso.

Mais do que retomar o segundo lugar do Campeonato Brasileiro, a soma dos três pontos garante, ao menos, a manutenção da distância de seis pontos dos gremistas. Quem perder no domingo pode ver os gaúchos a nove pontos, já que o Tricolor recebe o Goiás no sábado, no Olímpico.

“Poderíamos ter vencido alguns jogos, inclusive contra o Sport, e estaríamos mais perto do Grêmio. Mas agora não adianta lamentar, temos que correr atrás”, avisou Kléber, repetindo o discurso de “cumprir nosso papel” que domina o Palestra Itália.

E não falhar na missão é uma expectativa também da diretoria, ávida por tirar o clube de mais uma fila – após conquistar o Paulista nesta temporada depois de 12 anos de jejum, o time pode levantar seu primeiro Brasileiro desde 1994.

“Contra o Sport, tivemos um dia ruim, e precisamos reagir o quanto antes. Não podemos nos desesperar, mas todo jogo é decisivo para nós. E confiamos no nosso elenco”, garantiu o gerente de futebol Toninho Cecílio.


Leia mais sobre: Palmeiras Cruzeiro Brasileirão

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Esperança palmeirense
Sem Kléber e Alex Mineiro, as esperanças se depositam em cima do futebol de Diego Souza

Topo