iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

07/09 - 12:15

Décima pior defesa, Verdão pega Cruzeiro sem 65% de seus gols

Kleber e Alex Mineiro serão desfalques graves do time alviverde em "jogo de seis pontos"

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - No próximo domingo, no Mineirão, o Palmeiras terá um duelo direto contra o Cruzeiro na briga pelo título brasileiro. E para enfrentar a equipe com quem divide a vice-liderança, o time de Wanderley Luxemburgo terá de superar dois importantes desfalques: Kléber e Alex Mineiro, suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Pela primeira vez no ano o Verdão não terá nenhum dos componentes do ataque titular. Contando com problemas na defesa que transformam o setor no décimo pior deste Campeonato Brasileiro, com 31 gols, os campeões paulistas precisarão aprender a jogar sem a dupla responsável por 47,5% de seus gols na competição.

E a porcentagem ofensiva fica ainda pior se forem consideradas as ausências dos autores de outros tentos da equipe no Nacional. Os negociados Valdívia e Henrique e o lesionado Jéci fizeram, juntos, sete gols. Somados aos 19 de Alex e Kléber, os desfalques no domingo representam 65% das bolas na redes alviverdes.

Ficar sem seus dois atacantes, porém, é o principal problema de Luxemburgo. O clube começou a temporada sem Kléber, mas teve Alex Mineiro em 50 das 52 partidas disputada em 2008. O atacante emprestado pelo Dínamo de Kiev só estreou em 27 de fevereiro, na vitória por 2 a 0 sobre o Cene-MS na Copa do Brasil, e chegou a 31 jogos na equipe.

Em 9 de março, os dois já eram titulares, na goleada por 5 a 2 sobre o Bragantino. No compromisso seguinte, fizeram os gols do triunfo por 2 a 1 em cima da Ponte Preta e então se firmaram como principais armas para o título paulista e a campanha no Brasileiro. No ano, Alex, terceiro maior artilheiro do Brasil – atrás de Túlio e Kléber Pereira –, tem 33 gols, enquanto Kléber soma oito. No Nacional, são 15 do camisa 9 e quatro do camisa 30.

“Perdemos dois grandes jogadores. O nosso elenco vai precisar mostrar que é forte para superar a ausência deles”, admitiu o zagueiro Gustavo. E Kléber já passa confiança a quem o substituir. “A equipe sente um pouco qualquer desfalque, mas eu e o Alex vamos torcer muito para quem entrar no nosso lugar. Confio em que for escolhido”, discursou o atacante.

Sem os dois, as opções são Denílson, Maicosuel, Lenny, Jorge Preá e Thiago Cunha. O time, porém, pode atuar no Mineirão com um esquema mais cauteloso. É possível que apenas um dos atacantes à disposição seja escalado e Luxemburgo reforce o meio-campo, já que poderá contar com as voltas de Martinez e Sandro Silva, suspensos na derrota de quinta-feira para o Sport.

Outro desfalque será Jéci, que fraturou o antebraço e terá de passar por cirurgia que deve tirá-lo dos campos por, no mínimo, dois meses. Quem ganha chance na zaga é Gladstone, sacado nos dois últimos compromissos do Verdão para dar vaga a Gustavo.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo